Dedaleira (campainhas)

São nativas da Europa. Pertencem à família Plantaginaceae, possuindo esta familia mais de 1800 espécies.

O seu nome científico é Digitalis purpurea, sendo conhecida por, Dedaleira, Abeloura, Digital, Digitalina, Erva-albiloura, Erva-dedal.

A dedaleira é um exemplo típico de como uma mesma planta pode curar ou matar. No século XVII, na Inglaterra, deu-se pela primeira vez uma infusão de folhas de dedaleira a um doente que sofria de hidropisia de origem cardíaca (inchaço de todo o corpo por falha do coração).

Ao mesmo tempo, porém, a dedaleira é uma planta muito tóxica, e a infusão de apenas uma pequena parte de uma única folha (cerca de 10g) pode causar a morte de um adulto.

É um problema de dosagem: a margem terapêutica é muito estreita, e a dose tóxica está muito próxima da curativa.

Dedaleira (campainhas)

Dedaleira (campainhas)

Também chamadas “campainhas”, são perenes, a sua altura varia entre 0.9 e 1.2 metros. As suas inflorescências são bastante compridas e compostas de muitas , podendo ser de cor branca, rosa ou roxa.

Dedaleira (campainhas)

Dedaleira (campainhas)

Pode ser utilizada em canteiros, maciços, vasos e bordaduras. É uma planta bienal, pelo que é necessário a cada dois anos substituir as plantas por outras novas.

4.8 (95.79%) 19 votos

Comentar

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este website utiliza cookies que asseguram funcionalidades para uma melhor navegação.
Ao continuar a navegar está a concordar com a sua utilização.