Cacto-Estrela – Família Apocynaceae

Nome popular – cacto-estrela
Outros nomes – estapélia, flor-estrela
Categoria – cactos
Ordem – Gentianales
Família – Apocynaceae
Subfamília  – Asclepiadoideae
Gênero- Stapelia
Espécie – Stapelia hirsuta
Origem – África do Sul
Tamanho – de 15 a 20 cm

Os cactos são muito usados na decoração de interiores, já que sobrevivem com um mínimo de cuidados.

Eles têm uma aparência rústica, quase grosseira, espinhos que podem machucar e não tem uma cara nada amigável. Mas os cactos podem tornar-se óptimas plantas para se ter dentro de casa quando não se tem tempo para dedicar às plantinhas. Por isso, são indicados para quem não para em casa.

O cacto-estrela, além disso, é uma planta muito bonita e original. Forma uma estrela de oito pontas, em espiral, e é todo protegido por espinhos de 4 cm de comprimento. Depois de completar 5 anos, a planta começa a produzir flores amarelo-limão.

O nome estrela vem dos aspecto das flores quando estas desabrocham.

Cacto-Estrela

Cacto-Estrela foto

Uma mosca varejeira pode não ser dos insectos mais adoráveis — bem, os insectos raramente o são —, mas certamente não merecia ser tão enganada assim.

Em busca de um pedaço de carne em decomposição aonde possa depositar os seus preciosos ovos, a varejeira é atraída por um embriagante odor de carne podre, um perfume para qualquer mosca que se preze. Ao se aproximar da fonte do cheiro, ela pousa numa superfície vermelha, macia e com pelos, onde deposita a sua prole crente de que a filharada terá alimento suficiente quando as larvas saírem dos ovos. Esfrega as patas da frente alegremente e sai voando.

Lá vai mais uma mosca feita de barata tonta pelo cacto-estrela.

Ao contrário das primas suculentas, o Cacto-Estrela gosta de terra húmida e pode ser plantado directamente no chão, que se espalham rapidamente. O solo deve ser preparado com uma parte de areia, uma de terra vegetal e uma de composto orgânico e regado periodicamente, sem encharcar.

Quando os botões florais se abrem, eles tornam-se extremamente atraentes, deixando o aspecto da planta muito mais interessante. As flores magníficas acabam  tornando-se grandes e especialmente coloridas, que podem variar em diversos tons por causa de cada variação e forma de cultivo.

Para mais info, clique aqui.

Comentários

  1. Filipa Fontes || at

    Gosto bastante de cactos, este é muito bonito

Comentar

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este website utiliza cookies que asseguram funcionalidades para uma melhor navegação.
Ao continuar a navegar está a concordar com a sua utilização.