Buxo ou Buxinho – Família Buxaceae

Reino:Plantae
Divisão:Magnoliophyta
Classe:Magnoliopsida
Ordem:Buxales
Família:Buxaceae
Género:Buxus
Espécie:B. sempervirens

Descrição do Buxo ou Buxinho

O buxo ou buxinho (Buxus sempervirens) é uma planta da família Buxaceae, lenhosa, em geral arbustiva, com folhas inteiras e perenes, frequentemente opostas, sem estípulas.

O buxus sempervirens é um arbusto pequeno, originário da Europa. Cresce em colinas secas e áreas de mato do centro e sul do continente europeu, na Ásia menor e não norte de África.

Em Portugal a maior concentração encontra-se em Trás-os-Montes, nomeadamente nos vales do Sabor e do Tua. Ocorre ainda noutros pontos do país, desde que as condições naturais e a acção do Homem o permitam.

O buxo ocorre em matos, bosques (pinhais, azinhais, carvalhais), margens de rios e em ladeiras rochosas.

O buxo comum apresenta folhas inteiras, opostas e flexíveis. A sua forma é oval e têm um tamanho muito pequeno. Costumam ter uma cor verde intenso e brilhante na face superior e na face inferior são pálidas e amareladas.

Quanto às suas flores, o buxus sempervirens floresce ocorre entre Fevereiro e maio. As suas flores podem ser monoicas, ou seja, masculinas e femininas. Têm uma cor amarelada, medindo uns 2 milímetros e não têm cheiro.

Além disso, são muito ricas em néctar, por isso, atraem as abelhas. Ainda que o arbusto seja muito interessante para decorar, as flores não têm grande interesse ornamental.

Os frutos do buxo apresentam-se em cápsulas castanhas, ovais e duras, medindo cerca de 1 centímetro de comprimento. Amadurecem não verão e ao abrir-se podem ver-se 3 valvas com 2 sementes cada uma, de cor negro muito escuro e lustroso.

Buxo

A sua folhagem verde escura é resistente e regenera-se bem das podas semestrais. Se pretende um autêntico jardim francês não pode dispensar o buxinho em cercas vivas, e bordaduras, no entanto, deve ter paciência, pois o seu crescimento é relativamente lento se comparado a outros arbustos.

Com o tempo e boas podas de formação, torna-se bastante compacto e denso.

O cultivo do Buxo

Devem ser sempre cultivados a pleno sol ou meia sombra, com solo fértil e regas regulares. Tolerante ao frio. Não tolera sombra por longo período, apresentando ramos mortos com áreas amareladas. Multiplica-se por estaca.

O buxo é muito apreciado na jardinagem, sendo muito utilizado na decoração vegetal. Usa-se principalmente para formar sebes e molduras com baixa necessidade de corte, dado que cresce de forma muito lenta.

Os seus pequenos ramos usam-se inclusivamente para confeccionar ramos de flores ou centros de mesa. A sua madeira é muito apreciada devido à sua cor e dureza, podendo ser utilizada para realizar esculturas e gravuras.

Não só gera interesse ornamental: o buxo também é muito empregado em áreas medicinais. Os frutos são muito tóxicos e as folhas contêm um óleo butiráceo volátil e vários alcaloides e o contacto com a seiva, pode provocar irritações cutâneas.

As folhas, junto com a casca e as raízes, podem ser utilizadas para tratar alguns problemas de saúde, nomeadamente tratamentos para a alopecia, constipações, febre ou reumatismo.

Buxo ou Buxinho – Família Buxaceae
4.7 (93.94%) 33 voto[s]

Copyright Blog Flores. Reprodução permitida desde que indicando o endereço:
https://www.blog-flores.pt/flores-de-arbustos/buxo-ou-buxinho/

Comentários

  1. diogo sá || at

    artigo interessante

Comentar

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *