Arruda – família das retaceas

Nome Científico: Ruta graveolens
Nomes Populares: Arruda, Arruda-doméstica, Arruda-dos-jardins, Arruda-fedorenta, Ruda, Ruta-de-cheiro-forte
Família: Rutaceae
Categoria: Ervas Condimentares, Medicinal, Plantas Hortícolas
Clima: Continental, Equatorial, Mediterrâneo, Oceânico, Subtropical, Temperado, Tropical
Origem: Europa
Altura: 0.4 a 0.6 metros
Luminosidade: Sol Pleno
Ciclo de Vida: Perene

A Arruda é uma planta da família das retaceas, também conhecida como arruda doméstica, arruda de jardins, arruda fedorenta e ruta-de-cheiro-forte.

É uma planta perene muito ramificada que pode ultrapassar um metro de altura.

Arruda

Arruda foto

As flores são de pequeno porte e de cor amarelada, formando inflorescências do tipo umbela. O fruto é uma cápsula, com quatro ou cinco lobos, que se abrem, quando maduros, na porção superior ou ao longo do fruto originando quatro ou cinco valvas. Quase sempre as partes da planta que são mais utilizadas são as folhas, as flores e a raiz.

As folhas da arruda são indicadas para a elaboração de chás calmantes.

A arruda pode crescer em muitos tipos de clima. Embora os melhores resultados sejam obtidos com temperaturas amenas, esta planta pode crescer bem em temperaturas entre 4°C e 30°C.
Cresce melhor com luz solar directa, mas também tolera sombra parcial.

A arruda possui na sua composição óleo essencial, flavonoides, metilnocilcetona, furacumarinas, alcaloides, taninos e rutina, sendo esta última sua substância mais importante. A rutina é responsável por fornecer resistência aos vasos sanguíneos, sendo este seu principal atributo.

Arruda - família das retaceas

À arruda também são atribuídos poderes mágicos e religiosos. Ela é historicamente considerada por muitos povos como uma erva de protecção. Desde à antiguidade seus ramos e essências são utilizados para purificar ambientes e proteger as pessoas de espíritos malignos, doenças, mau-olhado, feitiçarias e até mesmo da tentação.

Não obstante todos estes místicos poderes, a arruda ainda repele insectos, ratos, cães e gatos.

Multiplica-se facilmente por estaca e por sementes, que germinam em boas condições de luminosidade.

Cuidado: planta tóxica, não deve ser ingerida e deve ser manipulada com luvas para evitar irritações na pele..

4.5 (90%) 20 votos

Arruda

Comentar

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este website utiliza cookies que asseguram funcionalidades para uma melhor navegação.
Ao continuar a navegar está a concordar com a sua utilização.