Bromélia imperial – Alcantarea imperialis

Nome Científico: Alcantarea imperialis
Nomes Populares: Bromélia-imperial, Bromélia-gigante
Família: Bromeliaceae
Categoria: Bromélias
Clima: Equatorial, Oceânico, Subtropical, Tropical
Origem: América do Sul, Brasil
Altura: 0.9 a 1.2 metros
Luminosidade: Meia Sombra, Sol Pleno
Ciclo de Vida: Perene

Sobre a Bromélia iimperial

A bromélia imperial é uma das plantas ornamentais mais procuradas pelos paisagistas e pessoas em geral. De origem brasileira, esta planta possui um ciclo de vida considerado perene e o seu porte é pequeno a médio, atingindo no máximo 1,5 m de diâmetro.

A sua aparência é bem diferenciada, por ser uma planta classificada como rupícula de grandes proporções, ela possui acaule, com folhas longas e largas dispostas em forma de roseta que unidas ficam parecendo um “vaso” bem no centro da planta.

Esta beleza tropical pode ser plantada em canteiros ou vasos, junto com outras espécies de plantas ou sozinha. Em média esta planta ornamental pode levar até 10 anos para atingir o porte adulto e florescer.

Bromélia Iimperial

Substrato de cultivo da Bromélia imperial:

As bromélias são plantas de locais com alto teor de nutrientes orgânicos e pH mais alto. O substrato deve ter baixa densidade para garantir boa drenagem da água de chuvas e regas.

Quando plantar não enterre demais a muda, a base das folhas deve ficar acima da linha do solo. Se a muda é grande, use tutor até a fixação da muda no substrato.

Não use vaso muito grande para não haver muita humidade nas raízes, facilite a drenagem usando cacos de vasos, brita e um substrato pouco denso.

Esta planta espetacular é cada vez mais popular no paisagismo tropical e contemporâneo. A sua forma escultural, o seu porte e cores vibrantes tornam-na um elemento de impacto no jardim, seja utilizada isolada ou em grupos. A sua beleza tropical destaca-se entre as rochas e em conjunto com outras espécies de bromélias. Também pode ser plantada em vasos.

Bromélia imperial – Alcantarea imperialis
4.7 (94.4%) 25 votos

Comentar

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *