Heliconia – Heliconia rostrata (Família Heliconiaceae)

Nome Científico: Heliconia rostrata
Nomes Populares: Helicônia, Bananeira-do-brejo, Bananeira-ornamental, Caetê, Papagaio
Família: Heliconiaceae
Categoria: Arbustos, Arbustos Tropicais
Clima: Equatorial, Subtropical, Tropical
Origem: América do Sul, Bolívia, Brasil, Colômbia, Equador, Guiana, Guiana Francesa, Peru, Suriname, Venezuela
Altura: 1.2 a 3.6 metros
Luminosidade: Meia Sombra, Sol Pleno
Ciclo de Vida: Perene

Descrição da Heliconia

O género Heliconia pertencem planta herbácea perene, atingindo uma altura de três metros e é uma reminiscência de uma banana.

As helicónias (Heliconia sp.) pertencem à família das Heliconiaceae e são nativas das Américas tropicais, desde o Trópico de Câncer no México Central ao Trópico de Capricórnio na América do Sul, incluindo as Caraíbas.

Ela pertence à família das Heliconiaceae, mas já pertenceu à família das Muzaceae que é a família das bananeiras, e por ter tido uma reclassificação as Helicônias ganharam sua própria família.

As Helicônias tem uma folha que lembra a folha da bananeira, mas elas são diferentes, são um grupo de plantas com características bem específicas, e por isso ganharam a sua própria família.

Existe ainda um grupo distinto de helicónias, distribuído desde a Samoa (Oceano Pacífico) até à ilha central da Indonésia (Sulawesi), em que as brácteas e as flores são verdes.

Heliconia terreno diferente hastes curtas, rizomas e folhas grandes, além disso, bainhas foliares geralmente formam uma haste falsa.

Nome da família do vegetal fala por si: folhas de Heliconia são similares na aparência às folhas de bananas têm o mesmo veios e diferente tamanho grande.

Assim, eles podem ter um comprimento de três metros e um metro de largura.

Devido ao facto de as folhas desenvolvem em estreita Helicon pseudostem, eles têm uma forma assimétrica. Mas ao contrário da folha de bananeira Heliconia dispostos em duas linhas.

Essas flores pendem da planta e proporcionam um belo espectáculo de cor contrastante com o verde forte desta planta. Geralmente a flor possui uma cor vermelha intensa no centro, adquirindo uma tonalidade amarelada e esverdeada conforme vai se aproximando das bordas.

Bananeira-do-brejo Heliconia

A Heliconia quando adulta forma touceiras muito belas que lembram pequenas bananeiras

Esta planta é cultivada em ambientes domésticos para fins estéticos (como ornamentar jardins) ou como decoração de muros, ou como flores de corte.

Quando bem cuidada e irrigada, essa planta floresce o ano inteiro, preferindo períodos mais quentes como primavera e verão. É uma planta que não se adapta bem a extremos de temperatura.

O solo deve ser rico em matéria orgânica e fértil, e a planta também precisa de irrigação frequente. A plantação é feita a espaçamentos de no mínimo 80 centímetros, sendo que os rizomas são depositados a 10 centímetros de profundidade.

A irrigação deve ser abundante, principalmente após a emissão das folhas, mantendo a humidade do solo. Em locais secos, é recomendável realizar irrigações duas a três vezes por semana, evitando-se encharcar o solo. Os métodos mais indicados são o gotejamento e a aspersão baixa.

FLORES

O tipo de inflorescência desta planta é incomum relativamente às outras helicônias. São inflorescências pendentes, e o comprimento varia com o número de flores.

As brácteas de cores vermelho, verde e amarelo, envolvem e protegem as flores, muito vistosas, de intenso e exuberante colorido e, na maioria das vezes, com tonalidades contrastantes. As flores surgem do interior das brácteas, e produzem um néctar que serve de alimento para muitos pássaros, especialmente beija-flores.

Helicónia Rostrata (Bananeira-do-brejo) atrai também diversas outras variedades de pássaros, por isso é muito plantada em jardins e outros locais com o objetivo de atrair esses animais.

São consideradas geófitas, ou seja, se reproduzem não somente pelas suas sementes, mas também por seus órgãos subterrâneos especializados, cuja principal função é servir como fonte de reservas, nutrientes e água para o desenvolvimento sazonal.

Se bem adubada e irrigada, esta helicônia produz flores durante o ano todo, mas principalmente nos meses mais quentes.

São excelentes para jardins decorativos externos, pois formam touceiras de bela aparência com folhas grandes e verdes lembrando pequenas bananeiras. Não necessita replantio.

Dicas de Cultivo

Algumas helicônias gostam de sol, outras de meia sombra. A Heliconia rostrata pode ser cultivada tanto no sol, como na meia sombra.

E fica linda como planta isolada, formando um grande grupo de destaque no jardim e também formando renques. Ela é originária da Amazônia peruana e brasileira, principalmente do Acre e atinge de 2 a 3m de altura.

A Heliconia Rostrata (Bananeira-do-brejo) não tolera estiagem, gostando de unidade moderada. Por isso em períodos de seca aumentar a quantidade de irrigações. Como também não suporta o frio intenso ou geadas, a planta deve ser protegida com lonas na ocorrência desses fenômenos.

A ocorrência de ventos fortes também prejudica a planta, principalmente se for cultivada com intenções ornamentais, pois o vento rasga suas flores e folhas.

Substrato fértil

As helicônias em geral gostam de terra fértil, pois são plantas de mata, e gostam de ser irrigadas a intervalos.

Flor de corte

As inflorescências são formadas durante quase o ano todo, por isso que ela também é cultivada para produção de flor de corte para compor arranjos florais.

Multiplicação

Ela se multiplica por divisão de touceira e por sementes. É uma planta espaçosa, que vai se espalhando e com o tempo talvez precise ser controlada.

Essa helicônia não gosta de baixas temperaturas de inverno, sendo indicada para cultivo nos trópicos e subtrópicos quentes.

Paisagismo

Esta planta é cultivada em ambientes domésticos para fins estéticos (como ornamentar jardins) ou como decoração de muros, ou como flores de corte. Quando adulta forma touceiras muito belas que lembram pequenas bananeiras.

Copyright Blog Flores. Reprodução permitida desde que indicando o endereço:
https://www.blog-flores.pt/flores-de-exterior/heliconia-familia-heliconiaceae/?shared=email&msg=fail

Comentar

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *