Orquídea-grapete – Spathoglottis unguiculata

Nome Científico: Spathoglottis unguiculata
Nomes Populares: Orquídea-grapete, Grapete, Orquídea-cheiro-de-uva, Orquídea-uva
Família: Orchidaceae
Categoria: Flores, Orquídeas
Clima: Equatorial, Subtropical, Tropical
Origem: Nova Caledônia, Oceania, Vanuatu, Wallis e Futuna
Altura: 0.3 a 0.9 metros
Luminosidade: Meia Sombra, Sol Pleno
Ciclo de Vida: Perene

Sobre a Orquídea-grapete

A Orquídea-grapete (Spathoglottis unguiculata), tem cheiro de uva, rivalizando com a cheirosa gardênia.

O género Spathoglottis inclui cerca de 40 espécies, das quais a orquídea-grapete é uma das mais conhecidas.

Nativa de vários países no sudeste asiático e sudoeste do Oceano Pacífico, ela é famosa por seu perfume, que lembra o cheiro de uva, daí seu nome popular. Ela faz grandes touceiras em encostas rochosas e clareiras de florestas, lugares onde há alta humidade e incidência direta dos raios de sol durante quase o ano todo.

Os numerosos botões surgem numa haste que pode alcançar 1 metro de altura, e se abrem em sequência, uns cinco ou seis ao mesmo tempo, em qualquer época do ano, despontando acima da folhagem belas inflorescências racemosas, densas e eretas, que vão abrindo as flores da base em direção ao ápice.

As flores são roxas, com o labelo franjado e amarelo, e possuem cerca de 4 cm de diâmetro, além de um delicioso aroma que remete a uvas. A floração se estende por 30 a 45 dias. Se polinizadas produzem frutos alongados e verdes, com nervuras longitudinais marcadas e numerosas sementes diminutas.

Como cultivar a Orquídea-grapete

Por ser uma orquídea terrestre, não precisará de nenhum substrato especial para plantá-la, somente terra e húmus de minhoca. Ela também pode ser cultivada diretamente no chão, numa mistura de terra, areia e composto orgânico, adicionando farinha de osso à terra uma vez por mês.

Apesar das florações sucessivas e duráveis, o efeito decorativo da folhagem de textura grossa predomina sobre as flores. Uma boa ideia é combinar esta orquídea com plantas de flores amarelas, para um belo efeito de cores complementares.

Também pode ser plantada em vasos ou jardineiras, e assim adornar pátios e varandas. Se conduzida em interiores há que se ter cuidado de colocá-la em local bem ventilado e iluminado.

A sua multiplicação é feita por divisão das touceiras, de forma que cada nova muda seja uma planta completa, com folhas e raízes sadias, além de uma guia de crescimento (jovem pseudobulbo em formação). Também pode ser propagada por sementes ou meristema.

Spathoglottis unguiculata - Orquídea-grapete

Como adora sol e tem folhas grandes e plissadas – bem diferentes das folhas de outros géneros mais populares de orquídeas –, essa espécie costuma ser vendida como planta comum de jardim, sem a pompa toda com que são comercializadas as Cattleya, por exemplo.

Evite regar demasiado e não utilize pratos sob o vaso com a planta. Prefere clima quente e húmido, e não tolera o frio intenso. O ideal é cultivá-la em clima com médias superiores a 20°C.

 

Orquídea-grapete – Spathoglottis unguiculata
5 (100%) 13 votos

Copyright Blog Flores. Reprodução permitida desde que indicando o endereço:
https://www.blog-flores.pt/flores-de-exterior/orquidea-grapete-spathoglottis-unguiculata/?shared=email&msg=fail

Comentar

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *