Orquídea-garça – Família Orchidaceae

Nome Científico: Pecteilis radiata
Nomes Populares: Orquídea-garça,
Família: Orchidaceae
Categoria: Bulbosas, Flores, Orquídeas
Clima: Subtropical, Temperado
Origem: Ásia, China, Coréia do Sul, Japão
Altura: 0.1 a 0.3 metros
Luminosidade: Meia Sombra, Sol Pleno
Ciclo de Vida: Anual

Uma orquídea curiosa em vários aspectos, assim é a orquídea-garça, originária de planícies húmidas da China, Japão e Coreia. Actualmente encontra-se gravemente ameaçada de extinção, visto que seu habitat foi tomado por lavouras de arroz e pela urbanização.

É possível encontrá-la no seu estado nativo, em altitudes acima de 500 metros, em terrenos acidentados.

Outro ponto importante de considerar é o processo de urbanização que acabou reduzindo as áreas de desenvolvimento das orquídeas. Hoje em dia a planta pode ser encontrada em regiões de encostas altas que não são recomendadas para o cultivo agrícola.

A delicada flor branca desta orquídea possui um labelo dividido em três lobos. Dois laterais, finamente franjados, e um central, liso, que aponta para baixo. Este conjunto magnífico é o que dá o aspecto de garça, em pleno voo, com as asas abertas.

A flor apresenta ainda um longo nectário, com cerca de oito centímetros de comprimento, arqueado, de cor verde, abaixo do labelo. Uma orquídea surpreendente!

No início da estação da primavera novas folhas nascem atingindo o seu ápice durante o verão. As flores ficam dispostas alternadamente pelo caule que costuma atingir até 50 cm.

O período de floração desta orquídea começa geralmente em Julho e estende-se até Agosto no Hemisfério Norte. A planta pode ter entre uma e oito flores até 4 cm de largura.

Orquídea-garça

O grande destaque está nas pétalas das flores que são grandes e vistosas. Por ter pétalas dentadas esta flor parece uma garça de asas abertas.

A escolha do solo deve ser feita com cuidado observando que esta é uma planta susceptível ao ataque de fungos e bactérias. No momento de escolher a lâmpada a ser cultivada dê preferência para as mais claras e com pelos.

No período do inverno a planta deverá ficar seca, costuma resistir bem até a temperaturas negativas. Se usar fertilizante prefira o inorgânico e de preferência diluído em água. No seu habitat natural fica exposta ao sol.

Saiba que estas plantas podem levar semanas para começar a nascer. Nos dias mais quentes do verão deverá manter o substrato da orquídea húmido. Tenha atenção para não afogar as raízes da sua orquídea.

Ao contrário da grande maioria das orquídeas, que se comportam como perenes, a orquídea-garça tem um ciclo anual e pasmem: Forma raízes tuberosas, que permitem brotar ano após ano!

Mais informações na wikipedia.

4.5 (90%) 6 votos

2 Comentários

  1. Guilherme || at

    Que linda orquidea

  2. Veronica || at

    As orquideas são lindas. Parabéns pelo artigo

Comentar

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este website utiliza cookies que asseguram funcionalidades para uma melhor navegação.
Ao continuar a navegar está a concordar com a sua utilização.