Abelha Azul ou Delfínio – Família Ranunculaceae

istockphoto 542318356 612x612 1 wpp1660315401612

Nome comum: Delfínio
Família: Ranunculaceae
Género: Delphinium
Espécie: elatum
Categoria: Perene
Exposição: Sol Pleno
Altura: 90 a 120cm
Origem: Hemisfério norte

Descrição da Abelha Azul ou Delfínio

O nome vem da palavra grega dolphin, que significa golfinho, em referência à uma glândula dentro da flor que possui formato parecido com o de um golfinho.

É uma das plantas mais difíceis de se cultivar pois requer condições muito específicas, mas a beleza das flores é tanta que vale a pena o trabalho todo requerido.

As flores da Abelha Azul vão do branco ao rosa e do azul claro ao roxo, cobrindo numa espécie só todas as cores mais difíceis de se encontrar na natureza.

É considerada um dos azuis mais bonitos que podem ser encontrados em flores.

Abelha Azul

Delfínio é muito exigente em relação ao clima

Necessitam de Verões frios e húmidos e Invernos relativamente frios.

No Brasil conseguem crescer na região de Campos do Jordão, e outros locais com elevação superior a 1200m acima do nível do mar.

O solo deve ser rico, poroso e não ácido.

Uma forma de ter plantas bonitas é deixar apenas 3 ou 4 hastes florais e cortar as demais.

Desta forma toda energia vai para elas, que acabam ficando maiores e mais vistosas.

istockphoto 1328385848 612x612 1 - Abelha Azul

Plantio

A propagação é feita por meio de sementes, que devem ser plantadas em local com exposição plena ao sol e em terreno adubado com esterco de curral curtido.

Abelha Azul necessita de irrigação frequente, mantendo o solo sempre húmido, porém sempre tomando o cuidado para não encharcar e nem molhar diretamente flores e folhas.

Como flor de corte, tem boa durabilidade e grande valor ornamental.

Confira o passo a passo completo com tudo o que você precisa saber para plantar abelha azul – delfínio no seu jardim:

Solo: o solo ideal para o cultivo do delfínio é um solo bem drenado e fértil.

Você pode adicionar um fertilizante líquido durante a estação de crescimento para potencializar a fertilidade do seu solo.

pH do solo: o pH de solo ideal para o cultivo da abelha azul é o pH alcalino.

Caso o solo esteja ácido, você pode adicionar um pouco de cal ou cinzas de lareira para alcalinizar o solo.

Irrigação: esse é um dos principais cuidados que você deve ter com delfínios e uma das razões pelas quais muitas pessoas fracassam ao cultivar essa planta.

A irrigação deve ser constante. Ao notar qualquer sinal de secura no solo, irrigue-o imediatamente.

Os delfínios são plantas bastante sensíveis a secas que podem morrer com facilidade.

Estacas: excetuando para as variedades anãs, você precisará estacar a sua abelha azul.

Corte: por ser uma flor de corte, você pode cortar o delfínio. O ideal é utilizar uma ferramenta de poda bem afiada e parti-lo em um ângulo de quarenta e cinco graus.

Você pode colocá-lo na água morna para preservá-lo por mais tempo.

Outra forma de conservar os arranjos de delfínio por mais tempo é adicionando algumas gotinhas de suco de limão.

Pragas: lesmas e caracóis podem parasitar os delfínios. Nesses casos, um bom inseticida pode te ajudar.

Votos: 57 | Pontuação: 4.4

Partilhar este artigo

Publicado por Olga Guedes

Adora flores, quer que sinta o cheiro e viva intensamente esta força da natureza.

Comentar

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *