Amarilis ou Açucena – Saiba Como Cuidar (Hippeastrum hybridum)

Nome Científico: Hippeastrum hybridum
Nomes Populares: Amarílis, Açucena, Flor-da-imperatriz
Família: Amaryllidaceae
Categoria: Bulbosas, Flores Perenes
Clima: Equatorial, Oceânico, Subtropical, Tropical
Origem: América Central, América do Norte, América do Sul, México
Altura: 0.3 a 0.9 metros
Luminosidade: Meia Sombra, Sol Pleno
Ciclo de Vida: Perene

Sobre Amarilis ou Açucena

A Amarilis é também conhecida como Açucena ou Flor-da-Imperatriz é uma planta que produz uma flor imponente que atrai todos os olhares.

A planta Amarilis, ou Hippeastrum, é uma flor tropical nativa da África do Sul.

A Açucena é uma das plantas que melhor se adapta ao interior do apartamento e o seu cultivo em vasos tornou-se muito popular em todo o mundo. Com os cuidados adequados a amarilis dá flores grandes, muito vistosas, com folhagem que pode manter-se até durante o inverno.

É uma planta de cerca de meio metro de altura muito apreciada para fins ornamentais graças a possuir flores bem grandes e de diversas cores como rosa, laranja, branco, vermelho e multicolorido (plantas que foram cruzadas entre as cores citadas).

É uma planta herbácea, perene, que pode ser multiplicada pela divisão dos bolbos e apresenta apenas uma floração anualmente.

Cresce melhor em temperaturas medianas, mas em temperaturas mais baixas a floração é prolongada.

Amarilis prefere locais bem iluminados com sol directo

Adaptadas a climas em que as chuvas se concentram no inverno, as espécies do género Amaryllis apresentam dormência estival e um rápido crescimento vegetativo, com a floração a ocorrer em menos de um mês após o fim da dormência.

Após a floração o bolbo entra em período de dormência, perdendo todas as folhas e o escapo floral.

A parte aérea da planta morre, mas após as primeiras chuvas renascem as folhas e flores.

Antes de iniciar o crescimento das folhas tenha cuidado ao fazer as regas, pois o solo muito húmido pode fazer o bulbo apodrecer. Após o aparecimento das folhas devemos fazer regas periódicas observando se o solo já está seco superficialmente. Não molhe as flores.

Caso apareçam folhas secas retirar para prolongar o período de floração.

Amarílis, Açucena - Amarilis

A divisão pode ser feita através dos bulbos “filhos” que aparecerem durante o cultivo. Após o florescimento as folhas cairão e pode armazenar o bulbo para  plantar no próximo ano.

Os amarílis (ou Açucena) são rústicos e fáceis de cultivar. É possível fazê-los florescer em qualquer época do ano, basta guardar os bulbos dormentes na gaveta de legumes da geladeira, em sacos fechados, e replantá-los apenas quando desejar.

Multiplicam-se por sementes, divisão de bulbos (estaquia) e mais facilmente por separação dos bulbos que se formam naturalmente entorno da planta mãe.

Como Plantar a Açucena

O substrato de cultivo deve ser rico em matéria orgânica e bem drenado.

Para os canteiros, colocar adubo animal de curral bem curtido, revolvendo e nivelando antes do plantio. Para vasos, após a colocação de cascalhos e areia húmida no fundo, colocar o substrato de composto orgânico e húmus de minhoca.

Plantar os bulbos, não enterrando demasiado, deixando a parte superior fora da terra. Em seguida, regar e manter uma leve humidade no período de crescimento.

Após a floração poderá perder as folhas ou não, dependerá do clima da região. Diminuir ou, preferencialmente, cessar as regas no inverno.

Para propagar esta planta podemos separar de modo simples os filhotes que se desenvolvem ao redor do bulbo-matriz.

O plantio destes pequenos bulbos é feito da mesma forma que foi explicado.

LUMINOSIDADE: Sol pleno, necessita de bastante luz, de sol pleno pelo menos por 4 horas.

ÁGUA: Após o plantio regar até que o substrato fique bem úmido e a cabeça isenta de terra, depois apenas 1 vez por semana, com regas moderadas, mantendo o substrato levemente úmido, pois o substrato encharcado pode causar o apodrecimento do bulbo. Não molhe as flores.

CLIMA: Prefere clima ameno, gosta de temperatura que variam de 22 -30º C.

CULTIVO: Usar um substrato que tenha uma boa aeração: Mistura de Pinus (85%) com Vermiculita (15%) ou 1 parte de terra vegetal, 1 parte de terra comum de jardim e 2 partes de areia grossa de construção. Posicione o bulbo e deixe o “pescoço”para fora da superfície, complete o volume com substrato.

PODA: Retire folhas e flores que já estiverem secas.

FERTILIZAÇÃO: Quando as folhas começarem a crescer adube mensalmente com NPK fórmula 6-12-6, ou 10-10-10, 5 colheres de sopa por metro quadrado.

UTILIZAÇÃO: Embora encontrado na maioria das vezes em vasos, maciços e bordaduras ficam maravilhosos.

PROPAGAÇÃO: Por divisão dos bulbilhos.

Flor-da-imperatriz - Amarilis

Cuidados após a floração

Aguarde até que as folhas tenham secado completamente para então cortar a haste deixando apenas 1cm acima do solo. Se quiser, retire cuidadosamente o bulbo do vaso e plante-o no jardim ou então plante-o num outro vaso com terra nova.

As regas devem ser 1 vez por semana com 1 xícara de água durante 5 meses e então suspenda a rega pois a planta entrará em estado de dormência. Ela deverá florir na primavera.

Cuidados essenciais

A amarilis cresce melhor em temperaturas amenas, não suportando temperaturas inferiores a 6ºC. A temperatura ideal para o seu desenvolvimento saudável situas-se na média dos 18ºC, enquanto está em flor, período em que também necessita de bastante luz, embora não direta.

Deverá mudar a planta para um local mais escuro e seco quando caírem as suas flores.

Regue a planta por baixo, pois se se molham as flores ou folhas poderá apodrecer. Deve ser regada de duas a três vezes por semana nos meses quentes e uma vez por semana nas épocas mais frias.

Desde que começa a floração até perder as folhas, a amarilis (ou Flor-da-imperatriz) necessita de adubo liquido para plantas de flor a cada duas semanas. Lembre-se de incluir ferro e magnésio para o seu desenvolvimento.

 

Copyright Blog Flores. Reprodução permitida desde que indicando o endereço:
https://www.blog-flores.pt/flores-de-exterior/amarilis/

Comentar

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *