Aquilégias – Família das Ranunculaceae

Sobre as Aquilégias

Chamada cientificamente de Aquilégia vulgaris da família das Ranunculaceae, esta planta é de origem Europeia e Asiática e pode chegar até 1,20 metros de comprimento e são flores solitárias podendo ocorrer casos de cachos com poucas flores.

Popularmente ela é conhecida como Luvas de Nossa Senhora, Columbina, Soldados, Aquilégia e Aquilea/Aquiléia e constituída de flores perenes com aspecto muito gracioso e delicado.

Normalmente as aquilégias nascem isoladas, mas algumas espécies em específico florescem em pequenos grupos. Ainda em relação à flor especificamente, existem tanto dobradas como simples que vemos em muitas flores. Existe um grande número de cores diferentes, tanto uniformes como combinações

Em termos de sol não tem grandes necessidades, mas é necessário que o solo esteja sempre em condições suficientes para dar-lhe nutrientes e deve ser regada regularmente.

Aquilégias

O aspecto destas flores é capaz de complementar ou mesmo centrar um ambiente romântico, basta escolher as cores certas e o local certo. É possível plantá-las no jardim em canteiros ou dentro de casa em vasos, mas o solo tem de ser semelhante ao de uma floresta.

Aquilégia, mais conhecida como Columbina que faz lembrar uma águia

As flores da Aquilégia (Columbina)

Espécie perene, vivaz, cujas hastes florais podem atingir 1,20m de altura. Floresce de Maio a Junho.

As suas incríveis flores, de tons púrpura e azul, possuem uma estrutura complexa e invulgar que lhes confere um aspecto gracioso e delicado. Prefere solos bem drenados e com alguma humidade e locais com pouca ou nenhuma exposição solar.

Ideal para semear no jardim em bordaduras ou em floreiras desde que o solo se mantenha húmido.

As aquilégias são flores solitárias ou em pequenos cachos

As flores da Aquilégia também podem ser cultivadas em jardins como bordaduras ou maciços e como atraem abelhas, borboletas e beija-flores, elas tornam o jardim um local ainda mais especial.

Por ser uma planta da floresta, ela é resistente ao frio e a outros efeitos climatéricos. Em termos de sol não tem grandes necessidades, mas é necessário que o solo esteja sempre em condições suficientes para dar-lhe nutrientes e deve ser regada regularmente.

Copyright Blog Flores. Reprodução permitida desde que indicando o endereço:
https://www.blog-flores.pt/flores-de-exterior/aquilegias/

Comentários

  1. Paula Guedes || at

    Adoro flores, não saberia viver sem elas

Comentar

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *