Não perca

Mosquitinho ou Gypsophila Paniculata

Nome Científico – Gypsophila paniculata
Nomes Populares – Mosquitinho, Branquinha, Cravo-de-amor, Gipsofila, Véu-de-noiva
Família – Caryophyllaceae
Categoria – Flores Perenes
Clima – Continental, Mediterrâneo, Oceânico, Subtropical, Temperado, Tropical
Origem – Europa
Altura – 0.6 a 1.2 metros
Luminosidade – Sol Pleno
Ciclo de Vida – Perene

Sobre o Mosquitinho

O Mosquitinho ou Gypsophila Paniculata como são denominados cientificamente essas pequeninas flores brancas.

A Gypsophila Paniculata é uma planta angiospérmica (planta que se caracteriza por apresentarem flores na sua composição), que tem nas suas pequeninas flores brancas o seu maior destaque.

Devem ser cultivadas a pleno sol, em solo fértil composto de terra de jardim e terra vegetal, drenável.

Exige ainda regas regulares e reforma anual dos canteiros.

Aprecia o clima frio e floresce no final do Inverno e na Primavera.

Multiplica-se por sementes.

O Mosquitinho é uma espécie vegetal bastante utilizada como flor de corte, servindo para a confeção de arranjos e bouquets de flores, destacando-se pela sua grande beleza, por isso é muito usada na decoração de casamentos.

O Mosquitinho é uma planta perene, isto é, possui um ciclo de vida longo.

Normalmente, o Mosquitinho é uma planta bienal (possui um ciclo de vida de dois anos), contudo ela normalmente é cultivada como anual, para que seja mantida sua beleza e vigor, para que a confeção de arranjos florais e bouques sejam feitas com flores mais bonitas e vivas.

Mosquitinho

Os ramos da Branquinha caracterizam-se por serem muito finos e apresentarem muitas flores.

Deve ser cultivado em boas condições de luminosidade, por isso deve ser plantado em locais que fiquem expostos ao sol, preferencialmente sob o sol pleno.

O solo ideal para o cultivo da Gypsophila Paniculata é o fértil, composto por uma mistura de terra vegetal com terra de jardim e que possua uma boa capacidade de drenagem.

Os solos devem ser porosos e leves, e com boa profundidade.

Nos canteiros, deve ser plantado no Outono, para que a planta floresça durante os meses de Inverno e Primavera.

São indicados solos porosos e leves, sem possibilidade de encharcamento.

O mosquitinho também tem preferência pelos terrenos ricos em matéria orgânica e profundos, com 30 a 50 centímetros.

Como cultivar

Para sementeira no solo, marque linhas distantes 10 centímetros umas das outras e coloque uma semente a cada 3 a 4 centímetros.

Em bandejas e copinhos, usa-se uma semente por célula. Leva de oito a dez dias para germinar e, depois de 20 dias ou com 10 centímetros de altura, as mudas estão prontas para o transplante.

A semeadura no plantio direto é feita em sulcos distanciados em 80 centímetros, deixando-se, após desbaste, um espaço de 50 centímetros entre as plantas de crescimento indeterminado e de 40 centímetros para as de crescimento determinado.

istockphoto 807168544 612x612 1 - Mosquitinho

Também conhecida como Cravo-de-amor

O processo de reprodução vegetativa de dispersão das sementes consiste em pegar as sementes que foram geradas pela planta, e espalhar as mesmas em locais apropriados para o cultivo.

Quando as sementes são espalhadas, elas necessitam de cuidados e condições adequadas para que possam germinar e gerar uma nova espécie do Mosquitinho.

A semente do Mosquitinho deve ser plantada na Primavera e no Verão, e ela normalmente germina em um período de 07 (sete) a 21 (vinte e um) dias.

Mais info: https://pt.wikipedia.org/wiki/Gypsophila

Votos: 89 | Pontuação: 4.7

Partilhar este artigo

Publicado por Olga Guedes

Adora flores, quer que sinta o cheiro e viva intensamente esta força da natureza.

Comentar

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *