Agerato – Flores de aparência delicada, com muita resistência

por Olga Guedes
1 comentário 308 visitas 9 minutos ler
Nome Científico: Ageratum houstonianum
Nomes Populares: Agerato, Celestina, Erva-de-santa-lúcia, Erva-de-são-joão, Mentraço, Mentrasto
Família: Asteraceae
Categoria: Flores Anuais, Medicinal
Clima: Continental, Equatorial, Mediterrâneo, Subtropical, Temperado, Tropical
Origem: América Central, América do Norte, México
Altura: 0.3 a 0.4 metros
Luminosidade: Meia Sombra, Sol Pleno
Ciclo de Vida: Anual

Descrição da Agerato

O Ageratum houstonianum é uma planta ornamental conhecida pelas suas flores vibrantes e pelo formato compacto, sendo uma adição popular a jardins e espaços exteriores.

Aqui estão algumas dicas e informações sobre como cuidar desta planta, bem como uma análise dos diferentes tipos de ageratos e espécies relacionadas.

A Agerato é utilizada maioritariamente para decoração de jardins, tem um aspecto único, não partilhado por muitas flores.

Apesar do seu pequeno tamanho, a disposição das pétalas finas dá uma imagem peculiar e muito interessante à flor agerato.

A planta atinge um tamanho alto, devendo ser fixada num espaço amplo, onde haja espaço suficiente para se desenvolver adequadamente.

Sendo mais indicado plantar as flores diretamente na terra ou vasos com 30 cm de profundidade.

As flores devem ficar em um local em que o sol não seja intenso durante todo o dia, uma vez que elas precisam de meia sombra, do contrário podem murchar e secar.

O agerato deve ser regado pelo menos duas vezes por semana, mas sem deixar o solo encharcado, apenas húmido.

Conhecidas popularmente como Celestino, Erva-de-santa-lúcia, Menstrato e Mentraço. A sua origem é da América do Norte, mais especificamente no México.

Os ageratos são tóxicos

As cores das flores variam bastante entre o roxo e o azul, mas também existem em branco ou rosa, tudo isso depende da espécie de Agerato.

Normalmente floresce no início do inverno, devendo ser plantado no verão. Os primeiros botões começam a nascer com a incidência de sol menos intenso.

Até o final da estação todas as prontas desabrocham, sendo uma excelente opção para enfeitar o jardim nesta época.O excesso de calor é bastante prejudicial a esta planta.

É preciso ter cuidado, pois ele é tóxico, devendo ficar longe do alcance de crianças e animais. Por outro lado, elas também são medicinais, podendo servir como analgésicos.

Não se deve usá-la para consumo (chás) já que apesar de ser uma planta também medicinal.

Origens e Características do Agerato

Originário da América Central, é uma planta herbácea que pertence à família Asteraceae.

As suas flores, que variam do azul ao roxo, são pequenas e agrupadas em cachos, criando uma aparência de “nuvem” que é distintamente reconhecível.

Agerato - Flores de aparência delicada, com muita resistência

Tipos de Ageratos e Espécies

Existem diferentes tipos de ageratos disponíveis para os entusiastas da jardinagem, cada um com as suas características únicas:

Ageratum Houstonianum

Esta é a espécie mais comummente cultivada, conhecida pelas suas flores azuis-lavanda. Existem várias variedades disponíveis, variando em altura e cor das flores.

Ageratum Conyzoides

Conhecido também como agerato selvagem ou agerato-do-campo, esta espécie tem uma aparência mais rústica e é frequentemente encontrada a crescer de forma selvagem.

Ageratum Mexicano

Outra variedade popular, esta planta é semelhante ao A. houstonianum, mas tende a ser mais robusta e pode apresentar flores em diferentes tons de azul.

Cultivando Agerato no Jardim

  • Condições Ideais: Prefere sol pleno ou sombra parcial e solo bem drenado. É uma planta que adora calor, tornando-a perfeita para climas mais quentes.
  • Plantio: As sementes de Agerato podem ser plantadas diretamente no jardim após a última geada ou iniciadas em ambientes internos algumas semanas antes. Se plantar a partir de sementes, comece as sementes dentro de casa cerca de 6 a 8 semanas antes da última geada esperada. Transplante as mudas para o jardim depois que o perigo de geada tiver passado e o solo tiver aquecido.
  • Fertilização: Fertilize a cada duas a quatro semanas durante a estação de crescimento com um fertilizante equilibrado.
  • Poda: A poda não é estritamente necessária para os Ageratos, mas pode ajudar a manter a planta compacta e encorajar a floração contínua. Simplesmente remova as flores murchas conforme necessário para manter a planta com boa aparência e promover novas flores.
  • Cuidados: Rega regular e poda das flores desbotadas ajudarão a manter-lo florescendo lindamente.

Problemas Comuns – Esteja atento a pragas como pulgões e ácaros, que podem ser atraídos pelo agerato. Além disso, a planta pode ser suscetível a doenças fúngicas se o ar estiver muito húmido.

Agerato - Flores de aparência delicada, com muita resistência

Benefícios Paisagísticos

É uma escolha popular para jardineiros por várias razões:

  • Cor Vibrante: As suas flores azuis adicionam um toque de cor a qualquer espaço.
  • Atrai Polinizadores: Abelhas e borboletas são frequentemente atraídas para o Agerato, ajudando na polinização de outras plantas.
  • Versatilidade: É perfeito para bordas, canteiros ou até mesmo como planta de vaso.

Possíveis Desafios no Cultivo de Agerato

Como qualquer planta tem seus desafios:

  • Pragas: Pode ser suscetível a pulgões e nematóides.
  • Doenças: O oídio é uma preocupação, especialmente em áreas com alta umidade.
Possíveis Desafios no Cultivo de Agerato

A Beleza e Simplicidade

O Agerato, com A sua cor vibrante e facilidade de cultivo, é uma verdadeira joia para qualquer jardim. Seja um jardineiro experiente ou alguém apenas começando, esta planta oferece uma maneira fácil de adicionar beleza e cor ao seu espaço ao ar livre.

O Ageratum houstonianum, com as suas flores coloridas e o formato compacto, é uma escolha encantadora para jardins e espaços exteriores. Com os cuidados adequados, pode florescer e adicionar cor e beleza ao seu espaço por muitos meses.

Esteja atento às necessidades específicas da planta e desfrute do espetáculo vibrante que ela tem para oferecer!

Votos: 125 | Pontuação: 4.6

1 comentário

Leonor Braga 21 Abril, 2017 - 17:12

Linda flor desconhecia

Responder

Deixar um comentário

* Ao utilizar este formulário, concorda com o armazenamento e o tratamento dos seus dados por este blog.