Primula – Família Primulaceae

Nome Científico: Primula obconica
Nomes Populares: Primula, Pão-e-queijo, Primavera
Família: Primulaceae
Categoria: Flores Perenes
Clima: Subtropical, Temperado, Tropical
Origem: Ásia, China
Altura: 0.1 a 0.3 metros, menos de 15 cm
Luminosidade: Luz Difusa, Meia Sombra
Ciclo de Vida: Perene

A primula é uma planta de tipo perene que possui uma grande variedade de espécies. Actualmente conhecem-se umas 550, entre as quais se destacam as aceulis, a obconica e também a vulgaris.

  rimulaceae - Primula

A Primula, tаmbém conhecida соmо Flor dе Primavera

É umа planta herbácea muіtо utilizada nа decoração dе jardins е interiores devido à beleza dаѕ flores, quе podem ѕеr encontradas еm grande variedade dе tonalidades е efeitos.

Aѕ Primulas apreciam locais bastante iluminados, роr іѕѕо podem е devem ѕеr expostas à luz solar directa.

O óleo de primula é obtido das sementes da planta e muito rico num ácido graxo essencial da família do Ômega-6 denominado ácido gama-linoleico, reconhecidamente benéfico para a saúde. Entre os seus benefícios destaca-se o uso para aliviar os sintomas da tensão pré́-menstrual (TPM) nas mulheres.

Além de lindas flores de decoração, as primulas também têm outras utilizações muito curiosas. Suas pétalas são comestíveis e apresentam um sabor adocicado e suave, incrementando refinados pratos culinários.


Deve ser cultivada sob meia-sombra, em solo fértil, drenável, enriquecido com matéria orgânica e mantido úmido. A primula é uma planta de clima temperado e subtropical, mas pode ser conduzida em regiões tropicais em ambientes frescos e protegidos do sol forte.

Ela não tolera estiagem, encharcamento, ar-condicionado ou geadas.

Para prolongar seu florescimento e saúde, recomenda-se remover as flores murchas e fertilizar regularmente. Multiplica-se por sementes postas a germinar no início do Outono.

Primula – Família Primulaceae
4.5 (90%) 16 votos

2 Comentários

  1. Fernanda Jorge || at

    as minhas flores preferidas, cheias de cor

  2. Bianca || at

    No meu jardim estas flores não podem faltar

Comentar

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *