Sapatinho do Diabo – Pedilanthus tithymaloides

por Olga Guedes
2 comentários 76 visitas 5 minutos ler
A+A-
Repor

Nome Científico: Pedilanthus tithymaloides
Nomes Populares: Sapatinho-do-diabo, Dois-amores, Dois-irmãos, Pedilanto, Picão, Planta-zigue-zague, Sapatinho-de-judeu, Sapatinho-dos-jardins, Zigue-zague
Família: Euphorbiaceae
Categoria: Arbustos, Arbustos Tropicais, Flores Perenes
Clima: Equatorial, Semi-árido, Subtropical, Tropical
Origem: América Central, América do Sul
Altura: 0.9 a 2.4 metros
Luminosidade: Meia Sombra, Sol Pleno
Ciclo de Vida: Perene

Sobre a Sapatinho do Diabo

Esta planta de nome peculiar é uma espécie de arbusto e provém do continente Americano.

Podendo atingir o tamanho de uma pessoa comum, foi baptizada desta forma pois as flores parecem pequenos sapatos vermelhos.

As flores dos sapatinhos-do-diabo podem também ser em tons de rosa.

É muito comum vermos insectos por volta desta planta pois as flores são muito atractivas, especialmente para as abelhas, pelo que é preciso ter algum cuidado.

Sapatinho do Diabo - Pedilanthus tithymaloides

Também conhecida como Dois-amores ou Dois-irmãos

No paisagismo o sapatinho-do-diabo pode ser utilizado isolado ou em grupos, formando bordaduras ou maciços.

O seu porte pode ser facilmente controlado através de podas.

Da mesma forma, é possível estimular a ramificação e a renovação da planta com cortes periódicos.

Uma planta velha e que perdeu as folhas, pode ser rejuvenescida com uma poda drástica, que deixe poucos centímetros dos ramos acima do solo.

A escolha da Sapatinho do Diabo geralmente é feita devido à sua folhagem e ramos de aparência exótica, no entanto, eventualmente a planta nos presenteia com sua delicada floração.

O sapatinho-do-diabo é uma planta da família Euphorbiaceae, nativo das florestas tropicais secas.

Trata-se de um arbusto suculento, de seiva leitosa, que atinge cerca de 1,5m de altura, apresentando ramos verdes, em ziguezague, que acompanham a disposição alterna das folhas.

As folhas são ovais e de acordo com a variedade podem ser verdes ou mescladas de branco, creme e rosa.

As flores do sapatinho-do-diabo são pequenas e apresentam uma cor vermelha intensa, sendo perfeitas para decorar jardins externos.

Pedilanthus tithymaloides

A planta também pode ser conhecida popularmente como picão, planta-zigue-zague, sapatinho-de-judeu, dois-amores e pedilanto.

São flores muita atractivas para beija-flores e abelhas.

Sapatinho do Diabo deve ser cultivada sob sol pleno ou meia-sombra, em solo leve, bem drenável, enriquecido com matéria orgânica e irrigado com moderação.

Tolerante a solos pobres e curtos períodos de estiagem.

Sapatinho do Diabo aprecia o calor, não tolerando frio intenso, geadas ou encharcamento

Quando enfrenta seca muito prolongada perde as folhas. As fertilizações devem ser restritas à primavera e verão. Multiplica-se por facilmente por estacas.

Atenção

É preciso tomar cuidado ao manipular os sapatinhos-do-diabo, pois a flor contém um látex cáustico, que é tóxico e pode causar queimadura se entrar em contacto com mucosas e a pele.

Mais info: https://pt.wikipedia.org/wiki/Euphorbiaceae

Votos: 63 | Pontuação: 4.3

Artigos Relacionados

2 comentários

Pedro 2 Fevereiro, 2017 - 15:41

Não conhecia esta planta.

Responder
EDNA SILVA 20 Fevereiro, 2019 - 19:42

Onde compro essa planta

Responder

Deixar um comentário

* Ao utilizar este formulário, concorda com o armazenamento e o tratamento dos seus dados por este blog.