Cravina – Família Caryophyllaceae

Nome Científico: Dianthus chinensis
Nomes Populares: Cravina,
Família: Caryophyllaceae
Categoria: Flores Perenes
Clima: Mediterrâneo, Oceânico, Subtropical, Tropical
Origem: Ásia, Europa
Altura: 0.1 a 0.3 metros
Luminosidade: Meia Sombra, Sol Pleno
Ciclo de Vida: Bienal, Perene

Descrição da Cravina

A Cravina também conhecida como Dianthus chinensis, pequena planta florífera nata da Ásia caracteriza-se graças à presença de lindas flores formadas por várias pétalas longas que geralmente possuem cores quentes e de diferentes tonalidades no centro e na borda.

Cravina

Planta herbácea de carácter semi-perene, de folhas e caule verde-acinzentado e entrenós de verde mais claro amarelado.

Folhas estreitas que lembram o cravo, toda a planta exala persistente odor.

As flores são simples, de pétalas recortadas na ponta, cálice estreito, podendo se apresentar do branco ao carmim e também bicolores.

Precisa de solo bem drenado, adapta-se bem ao pH dos solos (salinos e alcalinos).

Tolera a poluição atmosférica e a exposição marítima. Exposição solar e tolera temperaturas até cerca de -10ºC. Em climas húmidos pode ganhar fungos.

As sementes podem ser semeadas em vasos, sementeiras ou outros recipientes.

Semeie a Cravina superficialmente em solo húmido

A germinação das sementes normalmente ocorre de uma a quatro semanas e o transplante para o local definitivo pode ser feito quando as mudas estiverem com 5 ou 6 semanas de vida.

Em regiões de clima frio, floresce principalmente no fim da primavera e no verão. Em regiões com inverno relativamente ameno, pode chegar a florescer durante todo o ano.

Cravina – Família Caryophyllaceae
4.5 (89.47%) 19 votos

Comentar

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *