Bromélia imperial – Alcantarea imperialis

por Olga Guedes
2 comentários 144 visitas 8 minutos ler
A+A-
Repor

Nome Científico: Alcantarea imperialis
Nomes Populares: Bromélia-imperial, Bromélia-gigante
Família: Bromeliaceae
Categoria: Bromélias
Clima: Equatorial, Oceânico, Subtropical, Tropical
Origem: América do Sul, Brasil
Altura: 0.9 a 1.2 metros
Luminosidade: Meia Sombra, Sol Pleno
Ciclo de Vida: Perene

Sobre a Bromélia imperial ou Bromélia-gigante

A bromélia imperial é uma das plantas ornamentais mais procuradas pelos paisagistas e pessoas em geral. De origem brasileira, esta planta possui um ciclo de vida considerado perene e o seu porte é pequeno a médio, atingindo no máximo 1,5 m de diâmetro.

A sua aparência é bem diferenciada, por ser uma planta classificada como rupícula de grandes proporções, ela possui caule, com folhas longas e largas dispostas em forma de roseta que unidas ficam parecendo um “vaso” bem no centro da planta.

Esta beleza tropical pode ser plantada em canteiros ou vasos, junto com outras espécies de plantas ou sozinha. Em média esta planta ornamental pode levar até 10 anos para atingir o porte adulto e florescer.

Dicas sobre como cuidar adequadamente de uma bromélia imperial

1. Luz:

  • As bromélias geralmente preferem luz indireta brilhante. Evite a luz solar direta forte, que pode queimar as folhas.
  • Em interiores, coloque a bromélia perto de uma janela com luz filtrada ou em uma área bem iluminada.

2. Temperatura:

  • Mantenha a bromélia em uma temperatura ambiente média de 18-24°C. Evite correntes de ar frio.
  • No inverno, proteja a planta de temperaturas abaixo de 10°C, pois são sensíveis ao frio.

3. Rega:

  • A bromélia é uma planta epífita, o que significa que ela retira a água e os nutrientes do ar e da umidade. Portanto, não mantenha a planta constantemente encharcada.
  • Encha o copo central da roseta de folhas (chamado de tanque) com água limpa. Evite encher demais para evitar o apodrecimento das raízes.
  • Regue a planta diretamente no solo somente quando o substrato estiver seco. Regas semanais são geralmente suficientes.

4. Fertilização:

  • Fertilize a bromélia a cada 2-3 meses durante a estação de crescimento (primavera e verão) com um fertilizante líquido diluído.
  • Use um fertilizante formulado para plantas epífitas ou bromélias, seguindo as instruções do rótulo.
bromelia imperial

5. Umidade:

  • As bromélias apreciam alta umidade. Para aumentar a umidade ao redor da planta, você pode borrifar água nas folhas regularmente ou colocar a planta sobre uma bandeja com cascalho e água.
  • Evite que a planta fique em um ambiente muito seco.

6. Substrato:

  • Se você está cultivando a bromélia em um vaso, use um substrato bem drenado e aerado, como uma mistura de casca de pinheiro, musgo sphagnum e perlita.

7. Poda:

  • Remova as folhas velhas e murchas conforme necessário para manter a aparência da planta.

8. Propagação:

  • As bromélias produzem mudas, conhecidas como “filhotes” ou “offsets”, que podem ser removidos e plantados separadamente quando tiverem crescido o suficiente.

Seguindo essas orientações, você estará fornecendo as condições ideais para a saúde e a beleza da sua Bromélia Imperial ou de qualquer outra variedade de bromélia que você possua. Lembre-se de que, com os cuidados adequados, as bromélias podem florescer e prosperar por muitos anos, trazendo uma elegância tropical para o seu espaço.

Substrato de cultivo da Bromélia imperial:

As bromélias são plantas de locais com alto teor de nutrientes orgânicos e pH mais alto. O substrato deve ter baixa densidade para garantir boa drenagem da água de chuvas e regas.

Quando plantar não enterre demais a muda, a base das folhas deve ficar acima da linha do solo. Se a muda é grande, use tutor até a fixação da muda no substrato.

Não use vaso muito grande para não haver muita humidade nas raízes, facilite a drenagem usando cacos de vasos, brita e um substrato pouco denso.

Bromélia imperial – Alcantarea imperialis

Peso e Dimensões Impressionantes

A Bromélia Imperial é uma planta notável, não apenas pela sua altura, mas também pelo seu peso considerável. As rosetas densas e as folhas robustas fazem com que esta planta alcance um peso que varia entre 1 a 3 quilogramas. Esta adaptação ajuda a estabilizar a planta e a garantir a sua resiliência contra as intempéries.

Esta planta espetacular é cada vez mais popular no paisagismo tropical e contemporâneo

A sua forma escultural, o seu porte e cores vibrantes tornam-na um elemento de impacto no jardim, seja utilizada isolada ou em grupos. A sua beleza tropical destaca-se entre as rochas e em conjunto com outras espécies de bromélias. Também pode ser plantada em vasos.

Em resumo, a Bromélia Imperial, conhecida cientificamente como Alcantarea imperialis, é uma joia da flora brasileira. Com suas dimensões impressionantes, origem nas florestas tropicais e adaptabilidade única, ela é um verdadeiro símbolo da exuberância da natureza.

Seu nome popular, que faz alusão à realeza, é mais do que merecido, considerando sua majestade na paisagem tropical. Para os entusiastas da botânica e da natureza, a Bromélia Imperial é uma verdadeira maravilha que merece ser preservada e admirada.

Mais info: https://pt.wikipedia.org/wiki/Brom%C3%A9lia-tanque

Votos: 93 | Pontuação: 4.7

Artigos Relacionados

2 comentários

Augusta 8 Março, 2020 - 16:45

Não conhecia esta planta

Responder
Branca 13 Maio, 2020 - 16:42

linda e robusta

Responder

Deixar um comentário

* Ao utilizar este formulário, concorda com o armazenamento e o tratamento dos seus dados por este blog.