Cesto de Ouro – família das Brassicáceas

Cesto de Ouro é uma planta herbácea perene da família das Brassicáceas (ou crucíferas).

Apreciada pelas suas flores, agrupadas na extremidade dos caules e de um amarelo vivo e brilhante, os seus nomes populares (cesto-de-ouro) reflectem esta associação ao ouro que já está presente no nome científico do género botânico.

Deve ser cultivada sob sol pleno, em solo arenoso, fértil, bem drenável, enriquecido com matéria orgânica e irrigado periodicamente.

Cesto de Ouro aprecia o frio subtropical e mediterrâneo

É capaz de aguentar períodos de estiagem não muito prolongados. Se a planta for cultivada da maneira correta, recebendo a luminosidade, os nutrientes e água em quantidades adequadas, a tendência é que ela atinja entre 10 e 30 centímetros de altura.

Não tolera o calor excessivo ou encharcamentos. Após a floração, a planta pode ser podada para que floresça novamente. Multiplica-se por sementes ou por divisão da ramagem enraizada. Não é raro o surgimento de mudas pequenas em torno da planta mãe, semeadas naturalmente.

Cesto De Ouro

 

As flores da Cesto de Ouro são atractivas para abelhas e borboletas

Estas flores começam a aparecer na Primavera, e a cor, tal como o nome indica, é amarelo ou dourado.

Fica perfeita em jardins rochosos, plantada nos vãos de uma escada ou coroando muretas baixas de contenção.

Cestos de Ouro - Cesto De Ouro

 

Cesto de Ouro – família das Brassicáceas
4.8 (95%) 8 votos

Comentários

  1. Antónia Neves || at

    Que lindas e delicadas flores

Comentar

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *