Clúsias da família Clusiaceae

por Olga Guedes
0 comentário 114 visitas 6 minutos ler
A+A-
Repor

Sobre as Clúsias

As Clúsias têm o nome científico de Clúsia fluminensis, fazendo parte da família Clusiaceae, o que lhes confere um formato de arbusto, apresentando uma folhagem bastante ornamental, rígida em forma de gota.

É capaz de absorver gás carbónico durante a noite, tendo assim uma fotosíntese mais eficiente e uma grande protecção contra a desidratação.

As flores são pequenas e brancas, e a espécie é dióica, isto é, apresenta plantas macho e fêmeas separadas.

São plantas tropicais conhecidas por sua resistência e beleza. Elas são uma adição popular a muitos jardins e interiores, graças à sua folhagem densa e verde. Neste artigo, vamos explorar a história, os cuidados e os usos das Clúsias.

A floração da Clúsias ocorre na primavera e verão

Cultive-a em solo devidamente misturado a uma boa quantidade de fertilizante orgânico, lembre-se de entes de plantá-la abrir uma cova maior que o torrão e de revolver bem a terra enquanto a mistura com o adubo.

Clúsias

A espécie é ornamental e muito utilizada em jardins ou varandas bem iluminadas.

De sol pleno e meia sombra, as Clúsias formam renques e cercas vivas com sucesso, além de serem usadas para compor pequenos maciços mo jardim.

Quando plantada em vasos, exige recipientes com, no mínimo, 60 cm de diâmetro, variáveis segundo o tamanho da muda.

Como é uma planta que pode ultrapassar os cinco metros de estatura, dependendo do lugar onde plantá-la pode ser necessário que sejam feitas podas de formação esporadicamente no intuito de mantê-la com o porte e forma desejados.

Clúsia fluminensis

História e Origem das Clúsias

Elas são originárias das regiões tropicais e subtropicais das Américas. Elas são nomeadas em homenagem ao botânico Charles de l’Écluse, e são apreciadas por sua resistência e beleza. Hoje, são cultivadas em todo o mundo, tanto em jardins quanto em interiores.

Características das Clúsia fluminensis

São plantas perenes que podem crescer como arbustos ou árvores, dependendo da espécie. Elas são conhecidas por suas folhas grossas e coriáceas, que são geralmente de um verde profundo. Algumas espécies de Clúsias também produzem flores atraentes, geralmente em tons de branco ou rosa.

Como Cultivar

São plantas de fácil cultivo que se adaptam bem a uma variedade de condições. Elas preferem sol pleno ou sombra parcial e precisam de solo bem drenado. As Clúsias são tolerantes à seca uma vez estabelecidas, mas preferem regas regulares. Elas também são tolerantes ao sal, o que as torna uma boa escolha para jardins costeiros.

Usos das Clúsias

Graças à sua resistência e beleza, têm uma variedade de usos. Elas são frequentemente usadas em paisagismo, onde podem servir como plantas de cobertura do solo, plantas de fronteira ou até mesmo árvores pequenas. Em interiores, são apreciadas como plantas de casa por sua folhagem atraente e capacidade de purificar o ar.

Cuidados com as Clúsia fluminensis

Embora sejam plantas de baixa manutenção, as Clúsias se beneficiam de alguns cuidados básicos. Elas devem ser regadas regularmente, mas o solo deve ser permitido secar entre as regas para evitar o apodrecimento das raízes. Também beneficiam de uma alimentação regular com um fertilizante balanceado durante a estação de crescimento.

As Clúsias, Plantas Versáteis e Resistentes

São plantas verdadeiramente versáteis e resistentes. Seja pelo seu uso em paisagismo, como plantas de interior ou pela sua resistência a condições difíceis, elas são uma adição valiosa para qualquer jardim ou interior. Com um pouco de cuidado e atenção, suas Clúsias podem prosperar e trazer beleza e vida ao seu espaço por muitos anos.

Votos: 90 | Pontuação: 4.4

Artigos Relacionados

Deixar um comentário

* Ao utilizar este formulário, concorda com o armazenamento e o tratamento dos seus dados por este blog.