Solandra-amarela (Solandra maxima)

Nome Científico: Solandra maxima
Nomes Populares: Solandra-amarela, Cálice-amarelo
Família: Solanaceae
Categoria: Arbustos, Arbustos Tropicais, Trepadeiras

Origem: América Central, América do Norte, América do Sul, México
Clima: Equatorial, Mediterrâneo, Oceânico, Subtropical, Tropical
Altura: 9 a 12 metros
Luminosidade: Meia Sombra, Sol Pleno
Ciclo de Vida: Perene

Sobre a Solandra-amarela

A Solandra-amarela é um arbusto trepador perene conhecido como Trompetista gigante devido à sua envergadura e pela aparência original e tamanho considerável das suas flores.

São nativas da América tropical, onde crescem em florestas frondosa , geralmente apoiadas em árvores que cresçam á beira dos cursos de água.

Deve ser cultivada sob sol pleno, em solo fértil, drenável, enriquecido com matéria orgânica e irrigado regularmente. Tolera um pouco de meia sombra, mas isso pode acarretar redução no florescimento. Plante em local protegido de ventos fortes, que ocasionam queimaduras nas folhas.

Solandra-amarela – Solandra maxima foto

Coloque-o num local a pleno sol ou sombra parcial e evite os encharcamentos: regue mais frequentemente no verão e diminua a frequência no inverno, já que pode suportar alguma seca e o excesso de rega pode favorecer um maior crescimento vegetativo em detrimento das flores.

O mesmo pode acontecer se o fertilizar em excesso, pelo que preste especial atenção a esta tarefa durante o período de floração e não aplique mais do que o necessário.

A Solandra-amarela é uma planta de clima ameno, de modo que não suporta o frio intenso. Pode tolerar temperaturas de -3ºC, desde que não se prolonguem por muito tempo e que não se repita muitas vezes. Se quiser controlar o desenvolvimento ou criar novos ramos para gerar mais sombra, pode podar em qualquer época do ano.

Solandra-amarela foto 2

A Solandra Maxima, planta trepadeira, com flores amarelas que dão belos pormenores na folhagem lustrosa. Cresce rápido e é fácil de reproduzir por estaca.

Não obstante a floração exuberante, a solandra-amarela também apresenta uma folhagem bastante decorativa e densa.

Ela gosta de muito espaço e pode ser utilizada para coroar muros, em cercas, pórticos, treliças, entre outras estruturas, desde que sejam robustas e reforçadas, pois trata-se de uma trepadeira lenhosa e frondosa, que pode alcançar um porte grande.

Assim, se decidir cultivar esta trepadora, descobrirá o magnífico encanto da combinação do seu tamanho, das suas curiosas e enormes flores amarelas com o seu agradável perfume nocturno.

As flores costumam ser mais perfumadas à noite, com um aroma que lembra banana madura a côco, e atrai morcegos, os seus polinizadores.

Raramente frutifica em cultivo, produzindo frutos do tipo baga, redondos, carnosos e não comestíveis.

Solandra-amarela (Solandra maxima)
4.5 (90.91%) 22 votos

Comentar

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *