As 5 Melhores Plantas Para Ter Dentro de Casa

plantas

Torne as divisões da casa mais harmoniosas, naturais e bonitas com as plantas mais adequadas a espaços interiores e com menos exigências de manutenção.

Hoje vamos falar de plantas ideais para ter e manter dentro de casa, cuja companhia e impacto visual alteram profundamente o ambiente da divisão em que são colocadas.

O que diferencia este tipo de plantas das plantas de exterior é o facto de exigirem uma manutenção muito pouco intensiva e um baixo consumo de água e necessidade de luz natural e um tamanho adequado às dimensões das casas, tornando-as perfeitas para este tipo de uso.

As plantas de interiores dão uma nova vida e atmosfera aos diferentes espaços e divisões da casa, tornando-os mais suaves, alegres e naturais, com cada planta a assumir um toque decorativo muito próprio.

Num escritório ou numa sala, onde se pode trabalhar ou apostar em casinos online, encontrando os melhores bónus no site portugal-bonusesfinder, qualquer uma das seguintes plantas é uma boa opção.

Aqui deixamos o nosso top-5, sempre discutível, das melhores plantas para ter dentro de casa:

Cactos:

Escolha óbvia para número 1 desta lista, os cactos são plantas que exigem muito poucos recursos hídricos e ainda menos cuidados, fazendo delas uma das preferidas dos iniciantes do mundo das plantas.

É também uma planta esteticamente muito agradável e versátil, que pode remeter para decorações tão diferentes quanto as de inspiração árabe, mexicana ou boho chic.

Costela-de-Adão:

Num caso curioso, esta planta, outrora esquecida, foi recuperada nos últimos anos para a ribalta e para o top das mais vendidas em todo o mundo.

Culpados? De acordo com Tony Sloterman, proprietário do site Casinobonusesfinder.com e consultor da página Portugal Bonuses Finder, foram o Pinterest e o Instagram, bem como as influenciadoras de moda e de decoração, que têm recuperado esta planta para decoração de setups, sessões de fotografia e das suas casas.

Como planta de origem tropical, tem apetência por zonas de meia-luz, húmidas e quentes, emprestando um toque exótico e selvagem à divisão onde se encontram.

Espada-de-São-Jorge:

A Espada-de-São-Jorge é um clássico de sempre da decoração de interiores.

Falamos de uma herbácea perene, que exige, para se manter, poucos cuidados além de uma rega mensal e de alguma luminosidade, sendo altamente resistente a secas.

Além de ser uma planta cromaticamente muito marcante, é também considerada pelas suas propriedades purificadoras, ao promover a absorção de algumas substâncias menos saudáveis presentes no ar.

Clorofito:

Também conhecida por Planta-Aranha, pelas suas múltiplas folhas que se assemelham a patas de aranha, a Clorofito é uma planta ideal para ter em casa por necessitar de muito poucos cuidados quanto à sua rega e à exposição solar.

São provenientes da África do Sul, altamente resistentes aos diversos tipos de condições que podem encontrar dentro das diversas casas, não são tóxicas para humanos nem para animais e purificam o ar, ao criarem oxigénio e absorverem dióxido e monóxido de carbono.

E, sobretudo, dão um ar arrojado e selvagem à divisão.

Palmeira-Areca:

Outro caso de uma planta promovida pelas plataformas e influenciadoras digitais, a Palmeira-Areca é uma palmeira em ponto pequeno, que cabendo dentro de um vaso, traz toda a imagética das palmeiras para dentro de casa.

Novamente, e como todas as plantas que aqui tratámos, exige muito pouca manutenção, com pouca água e sem necessidade de luz direta, também regula os níveis de oxigénio e de humidade do ar e empresta um look de selva tropical à divisão.

Votos: 69 | Pontuação: 4.6

Partilhar este artigo

Publicado por Olga Guedes

Adora flores, quer que sinta o cheiro e viva intensamente esta força da natureza.

Comentar

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *