Orquídea bambu – Arundina graminifolia

Nome Científico: Arundina graminifolia
Nomes Populares: Orquídea bambu, Arundina
Família: Orchidaceae
Categoria: Flores Perenes, Orquídeas
Clima: Equatorial, Subtropical, Tropical
Origem: Ásia, Birmânia
Altura: 0.9 a 2.4 metros
Luminosidade: Meia Sombra, Sol Pleno
Ciclo de Vida: Perene

Sobre a Orquídea bambu

Orquídea bambu (Arundina graminifolia ou Arundina bambusifolia) das outras espécies pertencentes à família Orchidaceae. Única representante do género Arundina (por isso, também é chamada por este nome), é proveniente da Ásia Tropical, região que abrange desde Índia, Nepal, Tailândia, Malásia, Singapura, China Setentrional até Indonésia e ilhas do Pacífico.

Quando multiplicada por semente, a floração ocorre em quatro anos. Produzidas em sucessão, as folhas resistem até uma semana e possuem tonalidade lilás-rósea e um disco branco com labelo púrpura, mas também podem ser encontradas na cor branca.

Na Indonésia encontra-se uma variedade alba. Os racemos são bastante abertos, com cerca de dez flores, que têm entre 5cm e 8cm de diâmetro. As brácteas são triangulares e envolvem o caule principal do ramo.

Orquídea bambu – Arundina graminifolia

Esta espécie pode ser cultivada à meia-sombra ou a sol pleno, em solo rico em matéria orgânica. Quando plantada em vaso, a mistura recomendada é de 1 parte de terra comum de jardim, 1 parte de terra vegetal e 2 partes de composto orgânico.

Aprecia regas regulares sem encharcar o substrato, devendo ser irrigada cada vez que o substrato secar na superfície.

Floresce mais intensamente em regiões de clima tropical e equatorial. Não tolera geadas.

Multiplica-se pela divisão das touceiras ou por estacas-ponteiro obtidas das brotações laterais das hastes.

COMO CUIDAR DA ORQUÍDEA BAMBU

Regue-as diariamente, durante temperaturas mais quentes, e em dias alternados quando o clima estiver ameno. Em épocas frias, a irrigação pode ser suspensa, pois o excesso de água pode matar as suas plantas. As flores devem ser protegidas do vento e de geadas, e é necessário, se possível, que existam árvores ou superfícies por perto, para abrigá-las. Também deve-se atentar às pragas.

COMO ADUBAR A ORQUÍDEA BAMBU

Plante-a junto de adubo animal e compostos orgânicos, com cascas de coco para garantir uma boa drenagem. As orquídeas absorvem o adubo através dos estômatos, estruturas que as plantas possuem na face de suas folhas. Para poder aproveitar os alimentos elas necessitam de água, dióxido de carbono e luz. A junção destes elementos na sua devida proporção irá auxiliar as plantas a crescerem saudáveis.

Na carência de alguns nutrientes, a orquídea bambu apresenta sinais como amarelamento e queda de folhas.

Orquídea bambu

Orquídea bambu com manchas de ferrugem nas folhas:

Manchas circulares em tons castanhos, preto ou castanho (inclusive com bordas amareladas) ou anéis avermelhados nas folhas de orquídeas, podem indicar doenças causadas por fungos. Na maioria das vezes faz-se necessário o uso de agro-tóxicos e fungicidas para eliminá-los.

Mais info em https://pt.wikipedia.org/wiki/Arundina

Orquídea bambu – Arundina graminifolia
4.7 (94.12%) 17 votos

Comentar

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *