Orquídea-abacaxi (Robiquetia cerina) – Família Orchidaceae

Nome Científico: Robiquetia cerina
Nomes Populares: Orquídea-abacaxi, Abacaxizinho
Família: Orchidaceae
Categoria: Flores, Orquídeas
Clima: Equatorial, Oceânico, Tropical
Origem: Ásia, Filipinas, Nova Guiné, Oceania
Altura: 0.4 a 1 metro
Luminosidade: Luz Filtrada
Ciclo de Vida: Perene

 

Orquídea-abacaxi (Robiquetia cerina) – espécie muito exótica originária das Filipinas, produz um interessante cacho com várias flores!

As orquídeas são apaixonantes e conquistam diariamente novos admiradores. E não é difícil entender o motivo.

São plantas muito especiais que fazem a alegria de coleccionadores e cultivadores domésticos que se aventuram a cuidar das mais diversas espécies.

O nome do género, Robiquetia, é uma homenagem ao farmacêutico francês Pierre Jean Robiquet (1780 – 1840), conhecido por ter isolado a cafeína e sintetizado a codeína.

Já o nome da espécie, cerina, é o termo em latim para “de aspecto de cera”, uma alusão à textura das flores.

As suas folhas são de formato alongado, são esverdeadas e possuem espinhos nas bordas. Os frutos do abacaxi ornamental são de cor vermelha.

Porém existem espécies que possuem folhas com cores e tonalidades diferentes.

A Robiquetia cerina é uma orquídea natural, de crescimento monopodial, originária das Filipinas e Papua Nova Guiné.

Ela cresce sobre as árvores na maioria das vezes, e ocasionalmente é encontrada como rupícola (cresce sobre rochas).

Como cuidar da Orquídea-abacaxi

A orquidea-abacaxi necessita ser regada de maneira regular, além de ser uma planta que não se adapta e por isso não aceita o frio e as geadas.

O ideal é que na hora de fazer qualquer manipulação nesta planta, utilize luvas de preferência com textura grossa, para evitar ferimentos, pois as folhas possuem espinhos.

Como todas as vandáceas, cultive a Robiquetia cerina de forma suspensa, assim preserva o seu sistema radicular, e não se danifica a inflorescência pendente.

A Orquídea-abacaxi necessita de muita humidade atmosférica e regas abundantes das raízes, porém a drenagem deverá ser rápida e a ventilação boa, para se evitar problemas de apodrecimento de raízes e doenças por fungos.

Deve proteger a Orquídea-abacaxi nos dias mais frios do inverno.

Orquídea-abacaxi

Floresce no fim do verão e a sua floração dura em média três semanas.

Esta planta tem aspectos morfológicos muito diferentes de outras orquídeas.

Vandácea com ramos pendentes e longos, com folhas elípticas, florescendo em hastes pendentes de aproximadamente 10cm de comprimento.

Suportam dezenas de pequenas flores de diâmetro entre 0,5 e 0,8cm, que abrem em sucessão.

Quantidade de flores – cachos com mais de 50 flores.

A densa inflorescência lembra um abacaxi. Existem duas variedades, uma com as flores vermelhas e outra com flores amarelas.

Recomenda-se a adubação foliar semanal durante a primavera e verão com uma solução de 2g (1 colher de café) de adubo NPK Peter’s na proporção 20-20-20, para cada litro de água.

No outono e inverno a adubação da Orquídea-abacaxi pode ser a cada duas semanas. Faça também a adubação orgânica do substrato uma vez por mês.

 

Curiosidades: as espécies do género Robiquetia possuem crescimento monopodial, ou seja, possuem um crescimento único e continuo.

Por isso tem um crescimento mais lento, porém são plantas que podem florescer mais de uma vez por ano e chegar a um comprimento de mais de um metro.

 

Votos: 33 | Pontuação: 4.7

Partilhar este artigo
  • 1
    Share

Comentar

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *