Angelônia – Angelonia angustifolia

Nome Científico: Angelonia angustifolia
Nomes Populares: Angelônia
Família: Plantaginaceae
Categoria: Flores Anuais
Clima: Continental, Equatorial, Mediterrâneo, Subtropical, Temperado, Tropical
Origem: América Central, América do Norte, América do Sul, México
Altura: 0.4 a 0.6 metros
Luminosidade: Sol Pleno
Ciclo de Vida: Anual, Perene

Sobre a Angelônia

A Angelônia possui os seus ramos eretos e as folhas apresentam formato lanceolado (em forma de lança), acuminadas (são terminadas em ponta) e possuem as margens denteadas.

As inflorescências (forma como ficam agrupadas as flores numa planta) são do tipo espiga, são eretas e trazem inúmeras flores de tamanho pequeno que são bastante similares a pequenas orquídeas ou as flores da boca de leão.

As flores da Angelônia destacam-se por possuírem um aroma com odor de frutas que nos recorda a maça e uva. Além do agradável aroma, as flores da Angelônia apresentam diversas cores, sendo as mais comuns: branca, rosa, roxa, azul e salmão. Existem flores de coloração misturada ou mesclada.

Esta planta de flores delicadas e abundantes é perfeita para a formação de maciços coloridos e bordaduras. Ela não necessita de beliscamento (técnica de jardinagem que consiste em cortar com a pontas dos dedos ou das unhas, as brotações apicais de uma planta em desenvolvimento. Essa técnica estimula o adensamento da planta, dando-lhe um formato mais cheio e arrendondado), para formar densas moitas, mas uma boa fertilização semanal é importante para um florescimento intenso.

Angelônia – Angelonia angustifolia

Modo de cultivo da Angelônia

Deve ser cultivada sob sol pleno em solo fértil, drenável, enriquecido com matéria orgânica e irrigado regularmente. A angelônia é uma planta rústica, vigorosa, resistente à curtos períodos de estiagem e calor intenso.

Não tolera encharcamento, frio ou sombra. Em países de clima temperado é conduzida como anual pois não tolera passar o inverno em casas de vegetação ou em ambientes internos. Multiplica-se por sementes, estaca e divisão da ramagem enraizada dependendo da variedade.

Apesar de perene, deve ser replantada anualmente na primavera para recobrar o vigor. O espaçamento indicado é de 25 cm entre as plantas.

Angelônia

A Multiplicação Da Angelônia

A Angelônia é uma espécie vegetal que se multiplica de três formas: dispersão das sementes, estaca ou divisão da ramagem enraizada, de acordo com o tipo de Angelônia.

A multiplicação por dispersão das sementes da Angelônia consiste em que sejam espalhadas em locais apropriados para o cultivo, para que as sementes sejam plantadas e tenham condições de germinar e gerar uma nova planta.

A multiplicação por estaca ou divisão da ramagem enraizada consiste em formar pequenas estacas e planta-las para formar novas plantas, com as pontas dos ramos da Angelônia. Essas estacas precisam possuir raiz, caule e folha, que quando forem plantadas num local apropriado para o cultivo, a estaca consiga germinar e gerar uma nova Angelônia.

A multiplicação por estaca ou divisão da ramagem consiste em cortar o ramo quando ele germinar e tiver condições de ser transplantado.

Apesar da Angelônia ser uma espécie vegetal perene, ela normalmente é cultivada como planta anual, sendo replantada na época da primavera para que a planta recupere a sua beleza e o seu vigor.

Angelônia – Angelonia angustifolia
4.8 (96.47%) 17 votos

Comentar

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *