As flores de Março: a Primavera está a chegar

por Olga Guedes
5 comentários 60 visitas 13 minutos ler

Quando chega a Primavera, o desejo é encher casas, varandas e jardins com as flores de Março, lindas e coloridas.

As flores de Março são agradáveis à vista e simbolizam um renascimento natural.

São também alimento para borboletas, abelhas e abelhas, que estão actualmente em perigo e necessitam de alimento através do néctar e do pólen.

Assim, plantar e deixar florescer as nossas flores favoritas é um gesto para nós próprios e para o nosso bem-estar, mas acima de tudo uma contribuição para a natureza.


As flores de Março: arbustos, plantas de interior e plantas de jardim

No período de floração de Março, para além das plantas de interior, existe também uma riqueza de espécies entre arbustos como magnólias, wisteria, camélias, a acácia mais conhecida como mimosa, castanhas-da-índia, amêndoas, limões e algumas azáleas.

Magnólias

A origem do nome da planta magnólia provém do nome do director do Jardim Botânico de Montpellier Pierre Magnol, que também inventou o método, ainda hoje em uso, de classificação botânica.

Pertencente à família das Magnoliaceae, a magnólia tem vários países de origem como os Estados Unidos, Coreia, Japão e China mas, apesar destes diferentes tipos de clima a que foi sujeita, também se adapta muito bem ao clima mediterrânico da Itália.

Existem cerca de 80 espécies diferentes, sendo a sua peculiaridade as suas flores em forma de estrela muito grandes e folhas ovóides verde-escuras.

Floresce na Primavera libertando uma fragrância muito agradável.

Magnólia – é amplamente utilizada como planta ornamental e entre as muitas espécies são as mais conhecidas:

Soulangeana: adequada para o cultivo no jardim, as flores variam de cor do branco ao roxo e rosa com pétalas que se desvanecem em diferentes tonalidades do exterior ao interior.

Grandiflora: do sul dos Estados Unidos, a mais conhecida com flores brancas muito perfumadas e folhagem sempre verdejante.

As flores de Março: a Primavera está a chegar
Magnolia grandiflora

Flores de Março

Liliiflora: as suas características são flores vermelho-púrpura com interior branco-rosado, geralmente o arbusto atinge uma altura de 3 metros.

Glauca: a sua floração é principalmente no Verão, as suas flores têm a forma de uma tulipa e as suas origens são americanas.

Precia: a sua origem é asiática, floresce com flores brancas com uma forte fragrância mas a sua folhagem é decídua e deixa a árvore ou caule nu no Inverno.

Stellata: a sua origem está no Japão e tem flores muito perfumadas.

Adapta-se bem ao clima italiano e é muito friorenta, o que a torna adequada tanto para o jardim como para o vaso; se for guardada num apartamento, recomenda-se que seja guardada num local ensolarado.

Para manter o seu esplendor constante e manter a sua floração, recomenda-se a sua fertilização frequente.

As flores de Março: a Primavera está a chegar
Magnolia stellata

Wisteria

O nome wisteria vem do grego e significa “planta doce”.

A sua história teve origem na China, onde foi chamada Zi Teng ‘Blue Vine’ quando chamou a atenção do Capitão Welbank, que decidiu trazê-la para a Europa em 1816.

Entretanto, Linnaeus tinha também descoberto esta planta trepadeira por volta do século XVIII, que foi nomeada Wistaria em honra de Kaspar Wistar, um antropólogo alemão.

Wisteria é o nome que a planta manteve nos países latinos, ou seja, Itália, França e Espanha.

Na Alemanha, os alemães cunharam um novo nome, ligado às origens antigas do seu nome original ‘Blue Vine’, ‘Blauregen’ que significa ‘Blue Rain’.

Wisteria (glicinia) tem um aroma inconfundível, é uma planta trepadeira e decora pérgulas e paredes com cascatas de cachos de flores púrpura, rosa, lilás e branco.

Um arbusto que pode ser cultivado tanto em vasos como no solo, tem um crescimento muito vigoroso, pelo que vale a pena escolher cuidadosamente onde o plantar devido à sua exuberância.

As flores de Março: a Primavera está a chegar
Wisteria

Wisteria gosta de ser exposta à luz directa do sol e, devido a esta predisposição, floresce muito rapidamente.

Aqueles que gostam de embelezar terraços ou jardins com esta maravilhosa cascata floral devem lembrar-se de podá-la pelo menos duas vezes por ano, no final do período de inverno e durante o verão, no seu período verde, para manter o seu desenvolvimento.

A sua forma e a sua sinuosa forma de crescer e mudar o seu ambiente simbolizam, na filosofia oriental, a evolução da consciência humana para influenciar o mundo exterior.

Dar um wisteria como um presente significa amizade e gratidão.

Camélias

A camélia sinensis é também chamada planta do chá, de facto a partir das suas folhas é possível produzir chá e também, cozido a vapor, dão um óleo com propriedades anti-sépticas.

Gosta de temperaturas entre 15 e 30°C, o frio pode afectar a saúde da planta; é ideal para apartamentos porque pode ser mantida abrigada nos meses de Inverno, com a quantidade certa de luz em frente a uma janela e depois transferida para o jardim nos meses de Verão.

A camélia japonica, é igualmente uma das flores de Março, em contraste com a sinensis, gosta de um clima subtropical com verões chuvosos e invernos secos; é fria e seca até -15° e não gosta de luz solar directa, o que poderia até causar a sua podridão.

As flores de Março: a Primavera está a chegar

Outra curiosidade em torno desta flor refinada e elegante, com a sua delicada fragrância, é a sua capacidade de dar brilho à mulher que a usa como ornamento.

Foi precisamente por isso que se tornou a flor preferida da Coco Chanel, que a fez o seu emblema de 1923, quando apareceu pela primeira vez num dos seus vestidos.

A Acácia, mais conhecida como Mimosa

A Acacia dealbata, que todos conhecem como Mimosa, é a árvore que se enche de pintas amarelas perfumadas entre Fevereiro e Março.

Tem sido um símbolo do Dia da Mulher desde 1946, quando a deputada Teresa Mattei decidiu doá-la a 8 de Março para o Dia Internacional da Mulher.

Foi também inventado um bolo amarelo com pão-de-ló pelas suas flores fofas, que recordam esta planta nas suas cores e impalpabilidade.

Originário da Austrália, mais precisamente da Tasmânia, é também conhecido na Europa desde o século XIX.

Gosta de temperaturas amenas, é muito resistente à seca e não gosta particularmente de demasiada água.

A sua importância está ligada à produção de pólen que, embora prejudicial para as alergias primaveris, é de importância fundamental para o ecossistema e a reprodução de abelhas ameaçadas de extinção.

As flores de Março: a Primavera está a chegar

Árvores de fruto

As árvores frutíferas incluem macieiras e cerejeiras (sagradas no Japão), damasqueiros, ameixeiras e pessegueiros, que em Março são preenchidos com pequenas flores românticas e delicadas em tons de branco-rosado.

Para aqueles que não têm jardim, Março oferece muitas flores interessantes para as plantas e flores da casa para comporem maravilhosos ramos.

Várias flores de Março – Lírios do vale, forsístia, calêndula, túlipas, narciso, rosas, jacintos, lírios de calla, íris, freesias, anémonas e muitas outras plantas bulbosas estão no seu apogeu este mês, proporcionando àqueles que as cultivam flores em cores sensacionais.

flores de Março

Flores de Março, algumas dicas de cuidados

As plantas que florescem em Março são as primeiras pioneiras da Primavera.

No entanto, como ainda estão à beira do fim do Inverno, correm o risco de sofrer geadas.

Por isso, precisam de mais atenção e cuidados específicos, vejamos quais delas:

Em primeiro lugar, caso regressem a frio, devem ser abrigadas.

Coloque-os contra a parede se estiverem no terraço, coloque-os dentro de casa se a temperatura descer a zero; não devem ser regados com água em excesso.

Seriam mais susceptíveis ao frio com solo excessivamente húmido, bem como ao risco de doenças fúngicas, pois encontram-se numa fase de metabolismo reduzido e consomem pouca água.

Não devem ser excessivamente fertilizadas; limpam sempre a planta de quaisquer depósitos de flores secas.

Isto facilita a renovação e, portanto, o crescimento.

Votos: 34 | Pontuação: 4.6

5 comentários

Magnifica 22 Dezembro, 2022 - 16:22

Sou uma apaixonada por flores!

Responder
Filipe 27 Fevereiro, 2023 - 19:52

Primavera – a estação mais bonita do ano!

Responder
Helena Bastos 17 Abril, 2023 - 17:02

Tenho camélias e magnólias no meu jardim 🙂

Responder
Camila 5 Maio, 2023 - 15:00

A Primavera é linda com tudo a florir…

Responder
Rita Beleza 9 Maio, 2023 - 15:06

Tenho várias cores de camélias no meu jardim e adoro

Responder

Deixar um comentário

* Ao utilizar este formulário, concorda com o armazenamento e o tratamento dos seus dados por este blog.