Orelha de coelho – Opuntia microdasys – Família Cactaceae

Nome Científico: Opuntia microdasys
Nomes Populares: Orelha-de-coelho, Opúntia, Palma-brava
Família: Cactaceae
Categoria: Cactos e Suculentas
Clima: Equatorial, Oceânico, Semi-árido, Subtropical, Tropical
Origem: América do Norte, México
Altura: 40 a 50 cm
Luminosidade: Meia Sombra, Sol Pleno
Ciclo de Vida: Perene

 

As plantas suculentas e as cactáceas são muito fáceis de cultivar e manter. São plantas muito resistentes à seca de longa duração e não requerem ambientes super iluminados. Também são resistentes ao calor excessivo se bem que prefiram o clima seco, afinal são originárias de regiões desérticas.

Provenientes de regiões de clima árido, onde predominam as altas temperaturas as plantas suculentas desenvolveram mecanismos de adaptação climática, algumas com pelos e espinhos, outras com revestimento de cera, ambos evitando que a água evapore, acumulando seiva no seu interior e ganhando o aspecto “gordinho” que faz delas um enorme sucesso.

Existem uma infinidade de tipos e variedades destas plantas, entre as quais poderá escolher aquelas que mais gosta e combinem com o resto dos elementos decorativos de sua casa.

Pequenino, este cacto orelha de gato fica muito bonito se cultivado em vasos isoladamente ou em composição com outras cactáceas e suculentas. Deve ser plantado em substrato leve, com areia e regado periodicamente, sempre a pleno sol. Tolerante ao frio.

Multiplica-se por estaquia dos artículos.

Como cuidar o Orelha de Coelho Opuntia Microdasys

Nomes populares: Orelha de coelho, opúntia, palma brava, orelha de Mickey e bunny cactus (inglês).

Condições ambientais: Aprecia uma boa exposição solar, quando crescem em ambiente de pouca luz as “orelhas” crescem pálidas, finas e alongadas, perdendo assim um pouco da sua magia visual. Caso isso aconteça, aumente gradualmente a luz.

Adapta-se a clima equatorial, tropical, subtropical, temperado e semi árido. É resistente ao frio, chega a suportar temperaturas até -10ºC.

Transplante: Mude a planta quando ela apresentar as raízes amontoadas, transfira-a para um vaso maior, com o cuidado de colocar uma camada de material drenante no fundo do recipiente. O substrato deve ser leve e arejado, uma mistura de substrato com areia em partes iguais.

Na dúvida adquira um substrato indicado para cactos e suculentas, que possui o equilibro correcto.

Rega: Durante o período de crescimento (Abril a Setembro), necessita de ser regado com regularidade, mas sem encharcar, com o cuidado de deixar secar a terra entre as regas. No Inverno reduza drasticamente a rega, ambientes frios associados a muita humidade podem levar ao apodrecimento da planta.

Cuidados: Durante a fase de crescimento, forneça um fertilizante liquido indicado a cacto e suculentas diluído na água da rega, a cada três semanas, conforme as instruções do fabricante.

Pragas e doenças: As cochonilhas podem ser um problema, assim que detectar a sua presença, remova-as com um algodão ou cotonete embebido em álcool.

Opuntia microdasys - Orelha De Coelho

Semente: A sementeira também apresenta bons resultados, as sementes são grandes e estão envolvidas por uma película dura e grossa, recomenda-se a sua imersão por 1 ou 2 dias. Depois colocam-se sobre uma cama húmida de substrato misturado com areia.

Cobre-se com uma película plástica ou chapa de vidro transparente em local iluminado com temperaturas a rondar os 20 a 30ºC até à germinação, que poderá levar mais de 45 dias.

 

Votos: 1 | Pontuação: 5

Partilhar este artigo
  • 1
    Share
Artigo colocado por Olga Guedes em 13 Fevereiro, 2020.
Copyright Blog Flores. Reprodução permitida desde que indicando o endereço:
https://www.blog-flores.pt/flores-de-exterior/orelha-de-coelho-opuntia-microdasys-familia-cactaceae/

Comentar

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *