Como Cuidar de Mini Cactos em Casa

Os mini cactos são conhecidos por não precisarem de tanta água como outras plantas e, por isso, serem práticos, mas, ainda assim, precisam de cuidados específicos.

Seja para ter em casa ou num vaso na mesa do trabalho, esta espécie ficou ainda mais famosa após o sucesso das suculentas.

A sua principal característica é o facto de sobreviverem em condições extremas de falta de água graças à sua capacidade de acumular água nos talos, folhas e raízes.

Os Cactos pertencem à família Cactaceae e possuem aproximadamente 84 géneros e umas 1.400 espécies nativas das Américas.

Normalmente este tipo de planta é usada para fins ornamentais, mas também pode ser utilizada na agronomia.

Por terem se adaptados aos ambientes de secura extrema, esta planta consegue passar longos períodos sem receber água, mas, para manter o seu cacto saudável, é recomendável regá-lo uma vez por semana, nos meses quentes, e uma vez por mês nos meses mais frios e húmidos.

No inverno é preciso afastá-lo do frio e diminuir ainda mais a rega para uma ou duas vezes por mês.

De beleza exótica e com diferentes tipos e tamanhos, eles deixam qualquer ambiente mais autêntico e cheio de personalidade.

Solo ideal para os mini cactos

A terra ideal para cactos deve ser formada por uma mistura de folhas trituradas, areia grossa e argila.

A areia não pode ser muito fina, nem muito arrendondada para evitar a compactação do solo e prejudicar a drenagem da água.

Dispensam poda

Os cactos não precisam ser podados, como tal são plantas muito práticas e que exigem poucos cuidados.

Eles são bonitos no seu formato original, se os cortar vai deixá-los com um aspecto esquisito.

Controle de pragas

O ataque de pragas acontece mais em cactos que apanham pouco sol, estão encharcados ou pouco adubados. Portanto, se tomar os devidos cuidados, o risco de pragas diminui bastante.

como cuidar de cactos - Mini Cactos

“Todo o cacto é uma suculenta, mas nem toda a suculenta é um cacto”.

Principais Características das Suculentas

  • O nome é devido à grande quantidade de água que podem armazenar.
  • Conseguem viver com pouca água e luz.
  • Podem ser encontradas em várias famílias de plantas.

Principais Características dos Cactos

  • Diferencia-se principalmente por causa das suas aréolas (pequenos círculos de onde podem nascer flores e espinhos).
  • Não tem folhas. Tem a superfície espessa.
  • Muitos tipos tem espinhos, mas nem todos! Podem ser cobertos de pelos.

Decoração com mini cactos

Para combinar com outras plantas num arranjo, é preciso escolher espécies de ambientes parecidos (que precisam de sol e de pouca água).

O mais comum é combinar cactos com outros tipos de suculentas.

DICAS:

Não balance o seu cacto – pode não parecer, mas esta é uma planta sensível e o movimento pode afectar o desenvolvimento da raiz.

Vasos de cerâmica são óptimos para estas plantas, pois impedem que a humidade do lado de fora invada a terra e sobrecarregue a raiz.

Colocar pedrinhas dentro do jarro também ajuda a conter a humidade fora.

Uma coisa interessante em relação ao cacto é que o tamanho do vaso influencia no tamanho final da planta. Quanto maior for o vaso que usar para o cacto maior ele ficará.

A quantidade de água, em média, certa para os mini-cactos é uma colher de sopa cheia.

Votos: 4 | Pontuação: 5

Partilhar este artigo
  • 1
    Share

Comentar

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *