Cacto-Estrela – Família Apocynaceae

Nome popular – cacto-estrela
Outros nomes – estapélia, flor-estrela
Categoria – cactos
Ordem – Gentianales
Família – Apocynaceae
Subfamília  – Asclepiadoideae
Género- Stapelia
Espécie – Stapelia hirsuta
Origem – África do Sul
Tamanho – de 15 a 20 cm

Cactos são plantas que são exóticas e despretensiosas nos seus cuidados, e por isso se encontram entre as plantas de interior mais populares. As espécies de cactos de floração doméstica são unidas pela ausência de folhas e pela presença de um caule espesso e grande.

Apesar disso, muitas espécies diferentes dessas plantas possuem características próprias que as distinguem das demais.

Os cactos são muito usados na decoração de interiores, já que sobrevivem com um mínimo de cuidados.

Eles têm uma aparência rústica, quase grosseira, espinhos que podem machucar e não tem uma cara nada amigável. Mas os cactos podem tornar-se óptimas plantas para se ter dentro de casa quando não se tem tempo para dedicar às plantinhas. Por isso, são indicados para quem não para em casa.

O cacto-estrela, além disso, é uma planta muito bonita e original. Forma uma estrela de oito pontas, em espiral, e é todo protegido por espinhos de 4 cm de comprimento. Depois de completar 5 anos, a planta começa a produzir flores amarelo-limão.

O nome estrela vem do aspecto das flores quando estas desabrocham.

São suculentas que aparentam ter dedos que apresentam quatro faces e uma linha serrilhada, formando ângulos que surgem destas pequenas faces da espécie. Os ramos da espécie são bastante numerosos e são extremamente carnosos, possuindo cada um deles, aproximadamente 20 cm de comprimento.

São estes mesmo ramos que acabam por encobrir o solo com as suas touceiras bem desenvolvidas, chegando a praticamente dois metros de diâmetro, contribuindo para a sua característica ornamental.

Cacto-Estrela

CULTIVO

A terra para cultivo deve ser bem drenável, rica em matéria orgânica, devidamente adubada e com covas bem profundas para o encaixe de cada muda. As regas deverão ser bem espaçadas e mesmo assim, regulares.

Ao contrário das primas suculentas, o Cacto-Estrela gosta de terra húmida e pode ser plantado directamente no chão, que se espalham rapidamente. O solo deve ser preparado com uma parte de areia, uma de terra vegetal e uma de composto orgânico e regado periodicamente, sem encharcar.

 

MULTIPLICAÇÃO

A propagação da planta pode ser feita de forma rápida e simples. Através de sementes, as plantas podem multiplicar-se de forma correta.

Outras formas de propagação também podem ser empregadas para esta espécie. Uma delas é a divisão da touceira e a multiplicação eficaz por estaca das hastes suculentas.

 

Cacto-Estrela - Família Apocynaceae

 

Lá vai mais uma mosca feita de barata tonta pelo cacto-estrela.

O seu cheiro é desagradável e por isso atrai moscas e besouros.

As moscas são agentes polinizadores.

Aqueles que levarão o pólen de uma flor até o ovário de outra, possibilitando a reprodução da planta.

Uma mosca varejeira pode não ser dos insectos mais adoráveis — bem, os insectos raramente o são, mas certamente não merecia ser tão enganada assim.

Em busca de um pedaço de carne em decomposição aonde possa depositar os seus preciosos ovos, a varejeira é atraída por um embriagante odor de carne podre, um perfume para qualquer mosca que se preze. Ao aproximar-se da fonte do cheiro, ela pousa numa superfície vermelha, macia e com pelos, onde deposita a sua prole crente de que a filharada terá alimento suficiente quando as larvas saírem dos ovos. Esfrega as patas da frente alegremente e sai voando.

 

Quando os botões florais abrem, eles tornam-se extremamente atraentes, deixando o aspecto da planta muito mais interessante. As flores magníficas acabam  tornando-se grandes e especialmente coloridas, que podem variar em diversos tons por causa de cada variação e forma de cultivo.

Para mais info, clique aqui.

Cacto-Estrela – Família Apocynaceae
4.8 (95.47%) 53 votos

Copyright Blog Flores. Reprodução permitida desde que indicando o endereço:
https://www.blog-flores.pt/flores-de-interior/cacto-estrela/

Comentários

  1. Filipa Fontes || at

    Gosto bastante de cactos, este é muito bonito

Comentar

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *