Cânhamo – Cannabis sativa L. – Família – Cannabaceae

Espécie - Cannabis sativa
Descritor - L.
Género - Cannabis
Família - Cannabaceae
Ordem - Rosales
Sub-classe - Rosidae
Classe - Magnoliopsida
Sub-divisão - Magnoliophytina (Angiospermae)
Divisão - Spermatophyta
Tipo Fisionómico - Terófito
Distribuição Geral - Sub-espontânea. Oriunda da Ásia central
Nome(s) comum - Cânhamo - cânhamo-europeu - cânhamo-ordinário - marijuana - haxixe
Habitat/Ecologia - Não tem
Sinónimos - Não tem
Época Floração - Julho - Outubro

A Cannabis sativa L. é uma planta herbácea anual e dióica, pode ser cultivada de preferência em regiões temperadas e tropicais, mais conhecida como marijuana, a Canábis é uma das plantas mais antigas, existindo evidências da sua utilização com mais de 12.000 anos na Ásia Central.

A Cannabis L. (canábis) é um género mono-típico pertencente à família das Cannabaceae, com uma única espécie reconhecida – a Cannabis sativa L – , mas com uma grande variedade feno-típica.

Além do caule fibroso (cânhamo, correspondendo ao termo inglês “hemp”) existem dois outros produtos principais que se podem obter da planta.

Cannabis sativa: canábis (planta), conhecida em Portugal como marijuana, e resina de canábis, conhecida em Portugal como haxixe.

cânhamo

PRODUÇÃO DE CÂNHAMO

Qualquer agricultor que pretenda produzir cânhamo terá de adquirir sementes certificadas que obedeçam ao “catálogo comum das variedades das espécies de plantas agrícolas”, publicado em conformidade com normas europeias.

Mais tarde, o agricultor solicita à DGAV a inspecção às sementes que adquiriu e a respectiva autorização para iniciar a cultura.

Essa autorização é transmitida às autoridades policiais da região onde se localiza a exploração.

O ciclo cultural

O cânhamo é uma cultura de Primavera. O seu ciclo cultura dura entre 110 a 120 dias entre Abril/Maio e Agosto.

Tem uma emergência rápida (5-8 dias) e a fase de crescimento activo dura cerca de 6 semanas entre meados de Junho e finais de Julho.

Normalmente, cobre o solo em 3 semanas e após 80 dias atinge à volta de 1,80m. A fase de floração é longa – de 3 semanas a 1 mês.

A sementeira

Deve ser realizada entre o fim de Abril e o fim de Maio, num solo preferencialmente franco, bem drenado (evite solos compactos) e com um pH entre 7.0 e 7.5 (mas tolera um pH de 6.0).

Utilize um semeador em linha para uma sementeira superficial (de 1 a 2 cm) e depois passe o rolo.

A densidade da sementeira varia entre 40kg e 70kg por hectare. A decisão que tomar neste sentido deve ser influenciada pelo seu objectivo.

Para obter semente – Opte por uma sementeira menos densa, deixando mais espaço entre as plantas, para favorecer o crescimento de ramos laterais e flores.

O período de colheita começa cerca de 6 semanas depois da floração ou quando o grão estiver numa óptima maturação. Isto é essencial para que o teor de ácido oleico não seja demasiado elevado para comercialização.

Depois de colhidos, os grãos devem ser imediatamente ventilados e secos.

Para obter 1 litro de óleo de cânhamo são precisos 4-5 kg de sementes.

O chá de cânhamo é uma óptima maneira de acalmar o seu corpo e mente, aliviar a dor e outros sintomas de todos os tipos de doenças.

Para obter fibra – Faça uma sementeira mais compacta, com menos espaço entre as plantas, para ter menos folhas e flores e favorecer o desenvolvimento do caule.

A colheita deve começar após o início da floração, quando a fibra atinge o seu volume e qualidade máximos. Garanta que os caules não são danificados.

Pode utilizar uma lâmina de secção única para ceifar as palhas. Depois, estas devem ser fenadas, enroladas e armazenadas.

A rega

Na fase de crescimento (6 semanas a partir do 20º dia depois da sementeira), o cânhamo precisa de muita água – 310 a 370 litros. No entanto, passada esta fase, é uma cultura resistente à seca.


A fertilização

O cânhamo reage bem a estrumações e outros fertilizantes. O rendimento máximo desta cultura é, no entanto, estabelecido pela reacção ao foto-período e pela data de sementeira.

Assim, é desnecessário dar-lhe excesso de azoto.

Sabia que…

A maconha nada mais é do que as folhas e as flores (principalmente do topo das flores) secas da cannabis sativa. Geralmente “a erva” é fumada, mas também pode ser ingerida.

Se “fumada”, em poucos segundos seus efeitos são sentidos, enquanto se ingerida, os efeitos surgem entre 30 e 60 minutos.

O óleo de cânhamo, através do qual o óleo CBD é produzido, pode trazer diversos benefícios para o seu corpo e bem-estar, sobretudo no combate a inflamações temporárias, prevenção para ter um coração mais saudável, alívio de stress e ansiedade, eliminação do desconforto nas articulações e até no combate à insónia.

Votos: 15 | Pontuação: 4.6

Partilhar este artigo
  • 1
    Share

Comentar

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *